DIA MUNDIAL DA SAÚDE: Moradores de áreas de palafitas ganham dignidade e mais saúde com instalação de novas redes de água

Manauaras que vivem em áreas de palafitas são rodeados pelas águas de igarapés e rios, mas nem sempre estar perto de áreas fluviais significa ter acesso à água tratada e saúde. Após anos sem contar com redes regulares de água, moradores de alguns bairros visitados pela concessionária Águas de Manaus contam que hoje podem dizer que possuem mais dignidade e qualidade de vida contando com água nas torneiras, ações que também contribuem para a manutenção da saúde da população.

A maioria dos bairros visitados pela concessionária Águas de Manaus, são antigos e seus moradores não contavam com redes de água com abastecimento regular. É o caso do aposentado Pedro José da Silva, 75, morador do beco Pedro Teixeira, no bairro Dom Pedro, há 21 anos. Ele passou a contar com água tratada em casa a partir do trabalho de regularização e instalação de redes aéreas realizados pelas equipes do programa Vem Com a Gente.

“Desde que passei a morar aqui, conseguir água era um sacrifício. Geralmente, tinha que buscar em cacimbas ou poços. Os canos que chegavam até aqui passavam por dentro do igarapé e a água transbordava com as chuvas. Pensei que nunca teria água nas torneiras. Mas, tudo isso mudou no ano passado, quando a empresa cadastrou todo mundo e colocou as ligações para cada casa. Ter água limpa em casa é uma maravilha”, disse.

Moradora da rua Idelbrando Antony, no bairro Alvorada 3, Marizete dos Santos Alves, de 50 anos, conta que há 35 anos sofria com problema de abastecimento regular. Ela mora em uma área de igarapé e diz que o principal problema era com a água sempre fraca e com as alagações nas encanações no período de chuva. As equipes do programa Vem Com a Gente passaram pelo local no início deste ano.

“Antes, a água mal subia no meu chuveiro. Agora já temos uma água excelente, vem forte e limpa. O principal benefício também é que cada morador agora tem sua ligação de água, antes eu precisava dividir com outras pessoas e sempre faltava para alguém. E a água não era de qualidade. Após me regularizar, a empresa veio aqui, consertou vazamentos e hoje não tenho o que reclamar porque a água é muito boa. Foi uma alegria enorme e espero que o serviço continue satisfatório”, afirmou.

A regularização do abastecimento de água e ações para melhorias do saneamento básico contribuem diretamente no avanço dos indicadores de saúde. Principalmente em áreas de palafitas rodeadas por igarapés e rios, a implantação de redes de água e esgotamento sanitário também auxiliam na redução de doenças de veiculação hídrica como diarreia, cólera, amebíase, leptospirose e hepatites.

Em mais de dois anos e meio de atuação na cidade, o programa Vem Com a Gente que atua em serviços como os realizados nas casas do seu Pedro e dona Marizete já atendeu uma população estimada de quase 1,5 milhões de habitantes de 38 bairros, com atendimento de 298 mil residências. A maioria dos moradores de baixa renda também são cadastrados na tarifa social, benefício que concede 50% de desconto no valor das faturas.

O Vem com a Gente foi lançado no mês de agosto de 2018 e leva até bairros de várias zonas da capital diversos serviços como implantação de novas redes de água, extensão de rede, instalação de hidrômetros, regularização, negociação de débitos e muitas outras demandas. Um dos principais trabalhos executados é o de extensão de redes de água. Até março deste ano, cerca de 80 mil metros foram executados, beneficiando 71 mil moradores de regiões como becos e palafitas.  

“Nosso grande desafio foi criar algo que pudéssemos entregar água tratada para as pessoas que moram na região alagadiças e de palafitas. Tivemos que criar métodos construtivos para essas regiões pelas complexidade de solo. Somos um programa de aproximação com a sociedade manauara e os resultados nos dão muito orgulho. Sem dúvidas, o Programa veio para mudar a vida dessas pessoas.  A água é um bem primordial para a vida dos seres humanos, e nós da Água de Manaus não medimos esforços para levar água tratada nessas regiões”, completou o gestor do programa, Waldyr Vilanova.

Vem com a gente

Ao chegar em um bairro, os agentes do VCG passam por todas as ruas, verificando cada residência e realizando a troca de hidrômetros, cavaletes e a correção de vazamentos. Caso o cliente possua algum tipo de irregularidade, a regularização também é feita e o cliente é encaminhado para o ponto de atendimento itinerante instalado no bairro visitado pelo Vem Com a Gente.

As equipes do VCG são formadas por cerca de 650 colaboradores que atuam em cada bairro. Mais de 249 mil imóveis foram visitados, 63 mil pessoas foram cadastradas na tarifa social e 80.000 metros de novas redes de abastecimento foram implementadas. Entre as inovações feitas pelo VCG também estão a instalação de redes áreas, extensões em becos, vielas e Rip-Raps e hidrômetros elevados.

“Muitas das pessoas que foram beneficiadas pelo Vem Com a Gente passaram décadas sem receber água tratada na torneira. Em vários casos, a fatura de água se tornou o primeiro comprovante de residência de um morador de palafita. O programa traz inúmeros benefícios tanto na saúde, qualidade de vida e mais dignidade para a população”, concluiu Waldyr Vilanova.

Dia mundial da saúde

Instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Dia Mundial da Saúde é celebrado todos os anos, na data de 7 de abril, com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da preservação da saúde para uma melhor qualidade de vida. Em 2021, a proposta é a construção de um mundo mais justo, saudável e a importância da equidade nos serviços de saúde para a sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *