Entenda como manter uma alimentação saudável depois dos 50

Uma alimentação saudável, aliada a uma rotina ativa, deve ser uma preocupação para qualquer faixa etária. Entretanto, depois dos 50 anos, a atenção voltada para essas questões costuma redobrar e é necessário fazer mudanças na dieta para manter a saúde em dia.


A nutricionista da Audimed Saúde, Adriana Cruz, explica que não é correto afirmar que existe uma redução da velocidade metabólica a partir dos 40/50 anos. As reações enzimáticas continuam as mesmas. O que realmente ocorre, é que há uma discrepância enorme entre os que se come e a quantidade de energia que se perde ao longo dos anos.


“Na prática, o metabolismo não tem culpa no cartório, precisamos olhar com mais cautela para os nossos hábitos, como a alimentação, sono, estresse e atividade física. Quanto ao metabolismo dos processos hormonais como a Menopausa e Andropausa, é sugerido um acompanhamento para serem evitadas alterações significativas e mantenha-se a qualidade de saúde e de vida do indivíduo”, explicou.


Quais alimentos consumir


Como em qualquer idade, a alimentação deve ser rica em frutas, verduras, grãos integrais (arroz, aveia, quinoa, cevada, trigo), leguminosas (feijão, ervilhas, lentilhas, soja), carnes magras, peixes magros, azeite extravirgem e bastante água.
“Na meia-idade, é importante dar uma atenção especial aos micronutrientes como vitamina E, C, D3, zinco, ácido fólico, magnésio, selênio, que estão presentes nas hortaliças, grãos e cereais integrais. Isso pode ajudar muito a diminuir as alterações metabólicas hormonais que ocorrem tanto nos homens, quanto nas mulheres para evitar alterações e doenças comuns após os 50 anos, como: climatério (nas mulheres), baixa libido, queda na testosterona (nos homens), arterosclerose, Alzheimer, depressão, osteosporose, entre outra”, explica.

Hábitos depois dos 50


– É importante ter um estilo de vida com hábitos saudáveis como:- Fazer refeições leves e regularmente nos mesmos horários;- Fazer exercícios físicos regularmente;- Tomar sol em horários adequados por pelo menos 20 minutos; – Beber bastante água;- Dormir pelo menos 8h por noite;- Reservar um tempo para descansar a mente ou praticar um hobby.


“É importante saber o que evitar, como: fumar, beber álcool, ingerir alimentos gordurosos, ricos em açúcar e aditivos químicos, dormir pouco, tomar medicamentos, chás, suplementos sem acompanhamento de um profissional capacitado”, acrescentou a especialista.

Fonte: Rebeca Mota – Jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *