FIEAM recebe representantes da Suframa no Barco-escola SENAI Samaúma II

A Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), representada pelo presidente Antonio Silva, recebeu nesta quarta-feira, 23, reunião prévia da 302ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração da Suframa (CAS), presidida pelo superintendente da Suframa, general Algacir Polsin e a secretária Daniella Marques Consentino, da Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade (Sepec), do Ministério da Economia, no Barco-escola SENAI Samaúma II.

Para o presidente da FIEAM, Antonio Silva, essa é uma oportunidade dos conselheiros e representantes da indústria, conhecerem os serviços oferecidos pelo Barco-escola SENAI Samaúma II. “Recebemos a presença de dez empresas do PIM, sendo as cinco maiores em faturamento e as cinco maiores em geração de empregos, apresentando a elas, o que o SENAI vem fazendo para a população ribeirinha e o que ainda continuará fazendo para qualificar ainda mais ribeirinhos”, disse Silva.

O Superintendente da Suframa, Algacir Polsin, disse ter trazido os conselheiros e demais empresários representantes do Polo Industrial de Manaus (PIM) para mostrar como é a vida na Amazônia. “Nossas estradas são os rios, vocês vão poder ver aqui, próximo de Manaus o município de Janauarí, onde já começamos a ver as dificuldades enfrentadas pelos ribeirinhos, como a falta de condução escolar e, ao mesmo tempo, queremos mostrar a vocês, como é que nós buscamos enfrentar as adversidades, levando saúde, educação e qualificação profissional,  para o interior do estado”, frisou Polsin.

A aproximação da FIEAM com a Suframa é muito positivo para as empresas e engrandecimento do Estado do Amazonas, pois não vivemos sem a Suframa e a Suframa não vive sem a FIEAM, finalizou o presidente da FIEAM.

Os conselheiros presentes representaram o Ministério da Defesa, Ministério da Economia, Ministério da Infraestrutura, Banco da Amazônia (Basa), Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), além de representantes da Abraciclo, Centro da Indústria do Estado do Amazonas (CIEAM), Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros), Samsung, Moto Honda, Coimpa Industrial, Recofarma e Yamaha.

O Barco-escola SENAI Samaúma II

A estrutura do Barco-escola SENAI Samaúma II, inaugurado em 2014, é composta por três conveses, além do convés de máquinas, medindo 7 metros a mais que o Samaúma I, 13 metros de altura, 10 de largura, 42 metros de comprimento e com capacidade de deslocamento de até 14 nós de velocidade.

O Barco-escola Samaúma II também possui laboratórios nas áreas de mecânica, mecânica industrial, tecnologia da informação, energia solar, alimentos e análise de água. Os instrutores do Samaúma II ministram cursos gratuitos embarcados e desembarcados em cinco cidades pela Amazônia aportadas por ano, capacitando 3 mil alunos com educação profissional, disponibilizando até 34 cursos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *