”Lula está aqui para mostrar que há esperança para o Amazonas”, afirma Omar em Grande Ato em Manaus

Em um ato emocionante para cerca de 30 mil amazonenses na noite desta quarta-feira, 31/08, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reforçou sua luta pela erradicação da fome e pela manutenção da floresta e dos benefícios fiscais da Zona Franca de Manaus (ZFM). O candidato à presidência disse ser possível recuperar o Brasil e pediu apoio à reeleição do senador Omar Aziz (PSD-AM) para ajudar a cuidar do povo brasileiro.

Lula afirmou que ninguém investiu tanto no Amazonas quanto ele e a ex-presidente Dilma Rousseff, citando obras de infraestrutura, casas, universidades, escolas técnicas e institutos federais. Segundo o presidenciável, agora é necessário eleger todo o seu time para que muito mais possa ser realizado no Estado. “Além de vocês votarem em mim, eu preciso que vocês votem em deputados que vão me ajudar. Eu preciso que vocês votem no senador Omar Aziz, para eu ter senador me ajudando em Brasília. Se vocês apenas me elegerem e não o meu time, a gente não vai conseguir mudar as coisas que precisam mudar nesse País”, declarou Lula.

O senador Omar Aziz salientou que a vinda de Lula representa a esperança que o Amazonas tem por dias melhores para o seu povo. “Na minha atuação Deus me fez instrumento para mudar a vida das pessoas. Eu não tenho dúvida que o presidente Lula passou fome e sua mãe deixou de comer para alimentar seus filhos, então ele criou o Bolsa Família para alimentar o povo brasileiro. Essa é a diferença do homem que se coloca no lugar das pessoas”, destacou Omar.

Desde cedo no evento para ouvir o seu futuro presidente discursar, o apoiador Juscelino Gama também agradeceu Omar por seu trabalho na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, responsável por agilizar a compra de vacinas para a população. “Sou muito grato pelo Omar ter combatido o atual presidente e trazido a vacina no braço. Enquanto o Bolsonaro era contra e fez muita gente morrer, o Omar guerreou na CPI e nós ganhamos essa batalha. Quando o Bolsonaro sair ele vai se ver com a justiça”, disse Juscelino.

Lula também lembrou que retirou o País do mapa da fome, gerou 22 milhões de empregos com carteira assinada e fortaleceu a agricultura familiar, tão importante no estado do Amazonas. “Eu sei o que é uma mãe ficar em pé na beira do fogão e não ter um bocado de feijão com água para colocar no fogo para um filho comer. Então, eu tinha obsessão, que era preciso garantir que cada pessoa nesse país pudesse, todo dia, tomar café, almoçar e jantar, que as crianças pudessem tomar um copo de leite antes de dormir e um bom iogurte a hora que levantasse”, afirmou, ao reconhecer a importância das três refeições ao dia para uma família.

Zona Franca mantida

No mesmo dia pela manhã, o senador Omar Aziz também acompanhou a visita de Lula à fábrica da Moto Honda, em Manaus, onde o petista declarou que a Zona Franca é patrimônio do desenvolvimento da Região Norte e que os incentivos concedidos à área serão preservados em seu governo, sem qualquer alteração com a reforma tributária.

“A Zona Franca vai ficar preservada. É um compromisso que a gente tem desde que fui candidato em 1989. A Zona Franca tem estabilidade por muito tempo”, garantiu. Lula destacou ainda que a área, com incentivos fiscais para instalação de empresas, precisa continuar gerando mais de 500 mil empregos diretos e indiretos, além de renda e oportunidades na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *