Dança das cadeiras na Câmara Municipal de Fortaleza para vereadores concorrerem assento na assembleia do Ceará

Quatro vereadores de Fortaleza apresentaram, nesta quinta-feira (28), pedido de licença do cargo na Câmara Municipal. O jogo das cadeiras dá lugar aos suplentes e abre espaço para que os parlamentares afastados por 120 dias iniciem tratativas na pré-campanha, visando as eleições de outubro.
Se afastam efetivamente do cargo, a partir do início de maio, os vereadores Julierme Sena (União Brasil), Kátia Rodrigues (Cidadania), Michel Lins (Cidadania) e Cláudia Gomes (PSDB). Apenas a vereadora do Cidadania afirma que não disputará cargo no pleito do final do ano. 

Dança das cadeiras

De volta à Câmara no último dia 6 de abril após atuar como secretário da Regional 3 de Fortaleza, Michel Lins, que também é presidente estadual do Cidadania, deixa a bancada da Casa no dia 1° de maio e abre espaço para que Pedro França assuma a vaga.

Lins informou que não voltará ao comando da Regional, e que agora articula sua pré-campanha para deputado. 

Com a saída de Kátia Rodrigues, por sua vez, assume a suplente Valdenice Lima, conhecida como Nega do Henrique Jorge. A líder comunitária e assistente social assume pela primeira vez o lugar de veradora, após ter se candidatado por quatro vezes, entre 2008 e 2020.

Recém filiada ao PSDB após ter sido eleita leo DEM, Cláudia Gomes se licencia da Câmara no dia 4 de maio e dá lugar ao secretário da Regional 4 de Fortaleza, Adams Gomes. O empresário se candidatou pela primeira vez a um cargo eletivo em 2020. 

No lugar de Julierme Sena (União Brasil), que deixa a vaga no dia 1° de maio, entra o suplente Daniel Borges (Avante), que é presidente do Sindicato dos Vigilantes de Fortaleza. Ele concorreu ao cargo em 2016 e 2020.

Fonte: Diário do Nordeste / Ponto Poder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *