Após ter sido preso em 2021, vereador Ronivaldo Maia volta à Câmara Municipal de Fortaleza

O vereador Ronivaldo Maia (PT) vai reassumir oficialmente, o mandato na Câmara Municipal de Fortaleza, nesta quinta-feira, 28. O parlamentar havia se afastado das funções legislativas por 4 meses, depois de ter sido preso em flagrante após ter atropelado uma mulher com quem tinha relações extraconjugais, no final de novembro de 2021.

Ronivaldo deveria ter retornado à casa no começo de abril, mas não compareceu de forma presencial às sessões legislativas. O petista justificou as faltas apresentando atestados médicos informando que estava se tratando de diabetes.

No dia do seu retorno à Câmara Municipal, também está previsto um pronunciamento do vereador, o primeiro desde quando iniciaram as investigações da Polícia Civil por tentativa de feminicídio.

Ronivaldo Maia, no momento, não corre risco de perder o mandato de vereador, já que o Conselho de Ética da casa aprovou o arquivamento do caso, por maioria de votos.

Em nota, o petista reconheceu a decisão do colegiado dizendo que “não abusou de prerrogativas asseguradas como vereador nem se valeu do mandato para praticar qualquer conduta em nome do Poder Legislativo Municipal para buscar vantagens ilícitas ou imorais”.

Apesar de articulações da bancada do Psol na casa para apresentar recurso contra a decisão do Conselho de Ética, a situação de Ronivaldo não deverá ser analisada pelo plenário da Câmara Municipal, devido a falta de apoio tanto da base do governo Sarto, como da oposição.

Assinaram o requerimento respectivamente: Adriana Nossa Cara (Psol), Gabriel Aguiar (Psol), Guilherme Sampaio (PT) e Larissa Gaspar (PT), 4 de 9 assinaturas necessárias para serem apresentadas em, no máximo, duas sessões ordinárias depois da decisão do arquivamento do processo. Como não conseguiram, Ronivaldo deve seguir como vereador e seguir respondendo o processo sobre tentativa de feminicídio na justiça Estadual, onde é réu.

Fonte: Ceará Agora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *