Torcedor com tatuagens nazistas é expulso de jogo do Brasil

Torcedor com tatuagens nazistas é expulso de jogo do Brasil

A torcida do Grêmio Esportivo Brasil de Pelotas-RS expulsou um homem da arquibancada durante a partida contra o Novo Hamburgo, pelo Campeonato Gaúcho realizada no último domingo (13). Ele trazia a frase em seu corpo “Mein Kampf” nas costas e a “Cruz de Ferro” nazista no braço. 

A vereadora Daiane Santos (PCdoB) publicou um vídeo em sua conta do Twitter onde o sujeito exibe as tatuagens no estádio. “O Brasil de Pelotas é um clube que foi fundado pela classe operária e negra. Parabéns para a torcida Xavante, que honrou suas raízes! Com nazista não tem conversa”, declarou Daiane. 

Após a repercussão do episódio, o clube emitiu uma nota oficial nesta segunda-feira (14) repudiando qualquer manifestação nazista:

“Graças a gerações de xavantes que ao longo de 110 anos nos trouxeram até aqui, o Brasil tem na própria história um instrumento contra qualquer discurso ou ato de discriminação. O amor aos muitos que somos é parte da beleza do clube.

É por essa consciência histórica que aqueles, que se sentem representados pelos discursos de ódio infelizmente cada vez mais comuns, são e sempre serão repelidos da Baixada. Quem diz isso não é só o clube, como instituição.

É a nossa torcida, que sabe reconhecer ao longe quem não tem dignidade para se dizer Xavante”.

Fonte: UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *