‘Não sou dos que buscam o caminho mais fácil’, diz Arthur Virgílio sobre resultado das prévias do PSDB

“Não sou dos que buscam o caminho mais fácil, sou de luta. Entrei nas prévias sem estar preocupado com votos e, sim, em convencer que a Amazônia é fundamental para o mundo e para os brasileiros, assim como a Zona Franca de Manaus é vital para manter a floresta em pé”, disse o presidente do PSDB-AM, Arthur Virgílio Neto, em entrevista concedida nesta segunda-feira (29.11) a um programa de rádio local. Ele foi questionado sobre os resultados das prévias e se não teria saído com cicatrizes da disputa, mas Arthur considerou que está satisfeito com os resultados obtidos e que alcançou os objetivos a que se propôs quando decidiu aceitar o convite do presidente do partido, Bruno Araújo, para disputar as prévias.

“Aproveitei todos os espaços que tive, nos mais de 20 estados que percorri, para fazer a minha pregação pela Amazônia e pela Zona Franca de Manaus. Todo mundo é a favor da floresta, quase ninguém faz nada por ela, mas todos criticam a Zona Franca. Não há outra alternativa para sustentar o Amazonas e proteger a floresta, se a ZFM cai, a floresta também vai cair”, advertiu Virgílio.

O político amazonense, que é ex-senador e ex-prefeito de Manaus, revelou que sua principal estratégia, durante suas viagens, foi buscar as rádios e outros meios de comunicação local para divulgar suas ideias. “Nunca ninguém conseguiu uma carga de mídia tão intensa a favor desses dois temas tão importantes para a nossa região e para o Brasil”, afirmou Arthur, que obteve o compromisso do governador João Doria, vencedor das prévias, de inserir em suas propostas de governo um Plano de Desenvolvimento Sustentável para a Amazônia.

Arthur disse ainda que fará uma breve pausa para descanso e logo depois retorna a Manaus para dar início às conversas internas e externas para definições do PSDB amazonense nas eleições de 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *