Com investimento de mais de R$ 67 milhões, Ceará Conectado vai democratizar o acesso à internet e transformar o estado em hub tecnológico

Internet gratuita e acessível para toda a população cearense. Essa é a proposta do Ceará Conectado, programa lançado pelo governador Camilo Santana nesta quarta-feira (15). Estiveram presentes no lançamento, a vice-governadora Izolda Cela; o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão; o secretário do Planejamento e Gestão, Mauro Filho; e o presidente da Empresa de Tecnologia da Informação do Estado (Etice), Lassance de Castro.

“Eu considero esse momento histórico. Garantir direito a todos no mundo digital em que nós viemos. Não há retrocesso, agora é só avançar cada vez mais na conectividade. Será um projeto rápido. Temos uma meta que é até 2022. Vai servir para todos, para todas as idades, e todas as áreas da economia cearense e para os serviços públicos dos municípios”, afirmou Camilo Santana, garantindo que o wi-fi gratuito será liberado inicialmente para 77 municípios em outubro deste ano.

Potencial social e inovador

Com investimento de mais R$ 67 milhões, o Programa conectará com fibra óptica todos os 184 municípios do Ceará, ofertando serviço gratuito de internet, via wi-fi em praça pública. As redes também devem conectar equipamentos e serviços públicos. Além de facilitar o acesso aos serviços públicos, a iniciativa vai promover inclusão social e digital da população de baixa renda, oferecendo acesso à informação, conhecimento e oportunidades presentes nas plataformas digitais.

Para isso, o Governo do Ceará, por meio da Etice, vai expandir em 60% a infraestrutura do Cinturão Digital, que passará dos atuais 4.387 km de fibra óptica, sendo 988 km na Capital e 3.399 km no Interior, para 7.046 km. A cobertura dos 184 municípios deve ser concluída até 2022.

O Cinturão Digital foi lançado em 2007 e, desde então, assegura internet de alta qualidade a todos os órgãos públicos do poder executivo estadual. A estrutura também viabiliza a implantação e expansão de projetos tecnológicos em diversas áreas, como educação, saúde, segurança pública — com destaque para o videomonitoramento — , fazendária, entre outras.

Ao estimular o potencial inovador dos empreendedores dos cearenses, essa oferta de banda larga tem sido responsável pela atração de empresas e criação de novos negócios que geram emprego e renda em todo o estado.

“O Cinturão Digital leva e transporta dados, informações e conectividade que são importantes para as pessoas desenvolverem suas atividades, relacionamentos e negócios. A gente sabe que isso é cada vez mais essencial”, enfatizou a vice-governadora do Ceará, Izolda Cela.

Para o presidente da AL, Evandro Leitão, o Programa concretiza a ideia de transformar o Ceará em hub tecnológico aliado ao hubs aéreo e portuário já implantados no estado. “Eu quero parabenizar toda a equipe da Seplag e Etice por uma importante ação que irá favorecer e contemplar a todos os nossos irmãos e irmãs cearenses”.

O titular da Seplag destacou que o Ceará tem a maior rede pública de banda larga do País. “Não tem nenhum outro estado brasileiro que consegue ter a dimensão de uma rede de fibra óptica, portanto de banda larga, com características especiais de velocidade, que a fibra óptica do Estado do Ceará favorece a todas essas pessoas que vão ter a oportunidade de contar com esse mecanismo. O governo faz um marco fundamental para o processo de desenvolvimento econômico e social das pessoas”, afirmou Mauro Filho.

Com o Programa, o movimento de transformação digital no setor público cearense, liderado pelo Governo do Ceará, também será potencializado, resultando na melhoria dos serviços públicos ofertados. “Internet de graça e a fibra chegando aos municípios, o prefeito vai poder tratar com a Etice de situações em que ele pode melhorar a gestão daquele município baseado nos sistemas de informação e serviços de tecnologia que o município pode adquirir com o Estado via Etice”, explicou o presidente da Etice, Lassance de Castro.

Foto: Yuri Leonardo
Texto: Carlos Gibaja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *