Antonio Silva analisa decréscimo na produção industrial em julho

O setor industrial local, conforme amostra das Médias e Grandes empresas, retrocedeu no mês de julho em aproximadamente 11% e os subsetores mais afetados foram o eletroeletrônico, de informática e de Duas Rodas, disse o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), Antonio Silva.

“A estratégia para lidar com situações iguais a essa varia de acordo com o planejamento de cada empresa. Umas reduzem o volume produzido ou tentam eliminar custos possíveis, a fim de não perder competitividade no mercado e poder colocar seus produtos a disposição do consumidor”, explicou Silva.

“O que está ocorrendo na produção local não é problema apenas do Amazonas, mas de todo o país”, ponderou o empresário, para quem a crise que está ocorrendo na área política e institucional extrapola e afeta também a economia, fazendo com que os empresários não tenham a confiança de investir no aumento de empregos e capacidade de consumo da população. “Infelizmente esse é o quadro”, observou Antonio Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *