Tribunal de Contas do Amazonas prorroga inscrições para provas de estágio até está terça dia 24

Devido à grande demanda, a Escola de Contas Públicas (ECP) decidiu prorrogar por mais dois dias o período de inscrição para o Processo Seletivo de Estágio do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM). Dessa forma, os estudantes interessados têm até as 23h59 desta terça-feira (24) para realizar a inscrição, que pode ser feita de forma totalmente digital, no site da ECP, pelo endereço https://moodle.tce.am.gov.br/course/view.php?id=480.

“Recebemos um número elevado de inscrições e decidimos prorrogar, por mais um dia, a possibilidade de os acadêmicos participarem do processo seletivo. Isso demonstra, acima de tudo, nosso espírito público, especialmente com um rito de inscrições diferente dos outros anos”, disse o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello.

O Processo Seletivo oferece 100 vagas com bolsa de R$ 1 mil, além de R$ 167,20 de auxílio transporte. As provas acontecerão no dia 12 de setembro, no entanto, local e horário serão divulgados somente a partir do dia 3 de setembro, também por meio do site da ECP.

As vagas foram distribuídas entre dez cursos, sendo a maior parte para o curso de direito, que terá 60 vagas.

Outras 12 vagas foram destinadas ao curso de administração; mais dez vagas para o curso de contabilidade; sete vagas para engenharia; cinco para análise de sistema e tecnologia da informação; duas vagas para comunicação social; duas para arquitetura; uma para arquivologia; uma para pedagogia, além de cadastro de reserva para o curso de ciências econômicas.

O estágio no TCE possui duração de 25 horas semanais, distribuídas em cinco horas diárias, de segunda a sexta-feira. Do total de vagas, 20% serão reservadas para estudantes com deficiência, conforme termos definidos na Lei Estadual nº241/2015.

O Processo Seletivo será composto de prova escrita com conhecimentos específicos, contendo quatro questões discursivas por área, além de quatro questões objetivas de Língua Portuguesa para todos os cursos.

A classificação será composta por meio de média aritmética obtida da soma da nota alcançada na prova escrita com o coeficiente de rendimento acumulado. Serão considerados habilitados os candidatos que obtiverem média igual ou superior a sete. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *