CPI da Covid cria núcleos temáticos para acelerar investigações

A CPI da Covid decidiu criar sete núcleos de investigação para acelerar a análise de documentos durante o recesso parlamentar, que dura até o fim de julho. A ideia é que os membros da comissão se dividam em temas. A decisão foi tomada em reunião virtual do grupo majoritário da CPI na manhã deste sábado.

Um dos núcleos, como o GLOBO mostrou na sexta-feira , focará nos hospitais federais do Rio de Janeiro. Um dos focos dessa linha de investigação é buscar conexões do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) com a indicação de cargos em hospitais e organizações sociais.

De acordo com integrantes, a divisão por núcleo deverá ficar da seguinte forma: Randolfe Rodrigues (Rede-AP) cuidará da atuação de empresas intermediárias, Simone Tebet (MDB-MS) focará no caso da Precisa/Covaxin, Humbero Costa (PT-PE) será responsável pelos hospitais federais, Otto Alencar cuidará de negacionismo e questões sanitárias, Alessandro Vieira (Sem partido-SE) irá analisar notícias falsas, Rogério Carvalho (PT-SE) focará na cloroquina e Eliziane Gama (Cidadania-MA) será responsável pela empresa de logística VTC Operadora de Logística.

Fonte: O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *