Alunos do SESI doam mais de 300 livros infanto-juvenis para Lar Batista Janell Doyle

Com o projeto chamado “Biblioteca sem Fronteiras”, alunos da Equipe Team Prodixy da Escola SESI Dra. Emina Barbosa Mustafa, doaram 319 livros infanto-juvenis nesta semana para o Lar Batista Janell Doyle, em Manaus, instituição que atende crianças em situação de risco e abandono. A ideia desenvolvida pela equipe que compete nos torneios de robótica foi montar uma biblioteca para uso das crianças no local.

“O intuito desse projeto é justamente estimular a leitura nos jovens, porque principalmente a nossa geração muitas vezes não tem o hábito da leitura, e se a gente com esse projeto conseguir, de alguma forma, estimular crianças e adolescentes a terem esse hábito, só montando uma biblioteca com a arrecadação que fizemos de forma rápida, já é importante e conseguimos impactar muitas pessoas”, contou a aluna finalista do Novo Ensino Médio do SESI e integrante da equipe Team Prodixy, Valeska Mendes.

O Lar Batista Janell Doyle, localizado no bairro Mauazinho, atende 29 crianças no serviço interno e mais 10 no acolhimento familiar. De acordo com a assistente social do abrigo, Rosiane Menezes, os livros doados serão destinados às crianças que moram no abrigo e participam do projeto de leitura na brinquedoteca do espaço.

“Criamos um projeto com leitura de livros, toda terça-feira, em uma sala dentro do abrigo, para que as crianças internas possam ter uma hora destinada a leitura, de acordo com a idade. Por conta disso, precisávamos de acervo para oferecer as crianças, e a doação do SESI foi de Deus mesmo, porque veio justamente na hora que mais precisávamos”, disse a assistente social, ao acrescentar que depois da doação feita pelos alunos SESI o projeto já começou com adesão significativa dos jovens.

O local poderá atender com os livros também quatro tipos de serviços oferecidos no Lar Batista: o abrigo institucional, em que as crianças ficam internas por seis meses morando no abrigo; serviço de acolhimento familiar, em que os jovens continuam dentro de casa com a família, porém com o atendimento e acompanhamento do serviço multidisciplinar; o centro de convivência, que é ofertado para a comunidade do bairro, além do serviço de abordagem para moradores de rua e trabalho infantil.

“As crianças vão contar agora com mais de 300 livros para leitura e aprendizado”, ressaltou Menezes. Com os livros doados pelos alunos da Escola SESI Dra. Emina Barbosa Mustafa, a Equipe Team Prodixy foi ao abrigo montar a estante contendo os livros infanto-juvenis. “Um livro é capaz de mudar a vida de uma pessoa, então se a gente conseguir isso, montando essa biblioteca para eles já é ótimo”, relatou a líder da equipe, Valeska Mendes.

Participantes do torneio nacional de robótica First Tech Challenge (FTC), a ser realizado no próximo dia 29 em formato 100% online, os alunos atendem uma das seis categorias de avaliação da competição, prescritas em um caderno de engenharia, em que precisam “conectar” novos jovens no conhecimento Steam e inspirar a sociedade a consumir ciência e tecnologia, por meio de trabalhos voluntários e outras estratégias criadas pelos participantes.

Vencedora na última edição nacional da FTC em São Paulo, a equipe da Escola SESI Dra. Emina Barbosa Mustafa conquistou o prêmio na temporada, de “Aliança Vencedora”, ao cumprir dentro do tempo as missões na arena do FTC, a partir da construção de robôs autônomos. A equipe também conquistou o novo prêmio da temporada, o “Dean’s List”, que classifica para o World Festival, em Houston, Texas, nos Estados Unidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *