Ide:Pandemia faz pastor pregar usando balão

Um pastor decidiu usar um balão para uma iniciativa evangelística e assim cumprir o “Ide” driblando as restrições impostas por governadores e prefeitos durante a pandemia do novo coronavírus.

Na manhã da última terça-feira, 13 de abril, um pastor sobrevoou a cidade de Jaraguá do Sul, na região norte de Santa Catarina, com um equipamento de som acoplado ao balão, e relembrou as pessoas que “Jesus está voltando” com uma enorme faixa.

Sua pregação enfatizou a reconciliação para “aqueles que se afastaram da igreja”, convidando-os: “Volte a congregar […] Jesus te ama e te chama”, reiterou o líder evangélico, de acordo com informações do portal ND+.

Balão

Usar um balão para anunciar a Palavra de Deus é uma estratégia recorrente em lugares onde há algum tipo de restrição à liberdade religiosa, como por exemplo, na Coreia do Norte, um pastor foi acusado de representar uma “ameaça nacional” por soltar balões com exemplares da Bíblia.

Eric Foley é um missionário norte-americano que há anos envia balões com bíblias à Coreia do Norte a partir da Coreia do Sul, e o regime da dinastia Kim passou a considera-lo um inconveniente, já que a posse da Bíblia Sagrada no país é proibida.

Apesar de o envio de bíblias por balões não ser uma atividade com punição prevista em lei, as autoridades do regime comunista norte-coreano passaram a acusar Foley de promover uma “ameaça nacional” através de seu evangelismo.

“Há 15 anos temos um bom relacionamento com as autoridades. Tivemos policiais, militares e até mesmo os serviços de inteligência presentes em todos os nossos lançamentos”, disse o pastor, lembrando que a repressão mais acirrada surgiu só agora. “Este ano, em alguns lançamentos, perguntei à polícia, ‘isso é ilegal?’ E a polícia respondeu, ‘bem, não, você simplesmente não pode fazer isso aqui neste local’”, acrescentou.

Alvo de uma série de acusações, segundo informações da organização Mission Network News (MNN), o pastor é apontado de violar “uma lei cambial inter-coreana”, que é “uma lei que regula o comércio entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *