A criptomoeda que sobe mais que Bitcoin

Quando pensamos em criptomoedas, naturalmente vem à cabeça o bitcoin, pioneiro deste mundo e cujo valor de mercado de US$ 1,1 trilhão já é superior ao do Facebook (US$ 852,3 bilhões) e se aproxima ao do Google (US$ 1,4 trilhão).

Mas o mundo das moedas virtuais é muito vasto, com diversos deles possibilitando ganhos aos investidores. Uma das cripto que se destacou nesta semana foi o ether, a segunda maior criptomoeda do mercado, nativa do blockchain do Ethereum.  

Na sexta-feira (2), ela subiu 6,2%, chegando a alcançar a cotação recorde de US$ 2.144,00 neste sábado (3). Desde o início do ano, a moeda triplicou seu valor, ultrapassando brevemente a marca de US$ 2.000,00 em fevereiro. Já o bitcoin ficou estável na sexta-feira, depois de mais que dobrar de valor em 2021.

Segundo analistas, um dos motivos para a alta do ether foi a decisão da Visa de permitir pagamentos com a criptomoeda, assim como o PayPal, ajudando a disseminar a tecnologia.

Outro fator para explicar a alta foi a declaração do bilionário americano Mark Cuban de que possui o ativo digital e que ele é o mais próximo “a uma moeda real”, o que ajudou a aumentar o interesse pela criptomoeda.

* Com informações da Bloomberg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *