Wilson Lima anuncia que obra do viaduto do Anel Leste, no Puraquequara, fica pronta em 45 dias

O pré-candidato à reeleição pelo União Brasil, governador Wilson Lima, anunciou nesta segunda-feira, 15 de agosto, que em 45 dias a obra do viaduto do Anel Leste será concluída. Esse complexo viário se interligará ao Anel Sul formando, juntos, a maior intervenção de mobilidade urbana de Manaus, com o total de 27 quilômetros de extensão.

O anúncio foi durante entrevista na tarde de hoje ao programa Ponto Máximo, do portal CM7 Brasil. “Eu vou entregar em 45 dias e ali vai ser o maior viaduto da região Norte do Brasil”, disse Wilson. “Com isso, nós vamos tirar de circulação da General Rodrigo Otávio e do V8 as carretas do Distrito, onde vez por outra tem acidentes gravíssimos”, acrescentou, sobre as obras dos anéis Sul e Leste.

Os dois complexos facilitarão o acesso ao Aeroporto Internacional Eduardo Gomes e às rodovias AM-010 e BR-174.

O desenho do viaduto do Anel Leste, no Puraquequara, zona leste de Manaus, corresponde a um trevo completo com passagem em nível, compreendidas em quatro alças internas e quatro externas, permitindo a circulação de veículos em todos os sentidos das vias. As alças têm largura de 7,50 metros. Pontes com dimensões de 10,80 m de largura por 54,60 m de extensão.

Complexos viários

As obras do Anel Sul atingiram 75% de execução. O projeto do Anel Leste, que Wilson tirou do zero, já está 25% executado.

O Anel Leste inicia no trevo da avenida dos Oitis e termina na avenida Margarita, no trecho compreendido da Reserva Florestal Adolfo Ducke.

O complexo contará com um corredor de 18,3 quilômetros, com duas pistas de 10,80 metros de largura, com três faixas de 3,60 metros em cada uma. Será implantada uma ciclovia com 5,6 quilômetros no entorno da Reserva Florestal Adolpho Ducke.

Já o Anel Sul tem início no viaduto Lydia da Eira Corrêa, localizado no entroncamento da Estrada do Tarumã e as avenidas Torquato Tapajós e Arquiteto José Henriques, e segue até a avenida Santos Dumont. A primeira etapa, entre o viaduto Lydia da Eira Corrêa e a ponte do Tarumã, já foi entregue pelo governador.

Fotos: Diego Peres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *