Wilson Lima e David Almeida firmam convênios de R$ 30 milhões para reforma de 29 feiras e contenção de erosões

O governador do Amazonas, Wilson Lima, e o prefeito de Manaus, David Almeida, assinaram, nesta quarta-feira (1º/12), dez convênios para a reforma de 29 feiras em Manaus e obras de construção de contenção de erosões e de praças em dois pontos da zona norte da cidade. O investimento total é R$ 30,3 milhões, entre recursos estaduais e contrapartida da prefeitura. Esses convênios fazem parte do pacotão para Manaus, que soma mais de R$ 580 milhões investidos em 11 projetos.

“Nós firmamos um termo de intenção no aniversário de Manaus para o repasse de R$ 580 milhões para a Prefeitura através de convênios e também de incentivo de tributação. Hoje nós estamos assinando convênios na ordem de R$ 30 milhões, sendo R$ 24 milhões para reforma de 29 feiras, estruturas como essa aqui em que nós estamos no bairro da Compensa, mais outros R$ 6 milhões para a contenção de erosões. E nós vamos continuar assinando esses convênios, esses convênios entram para o ano de 2022”, disse o governador.

A execução dos convênios para reforma das feiras será da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), do Governo do Amazonas, que fará o repasse e o acompanhamento das obras junto ao município.

Feiras

O investimento exato para a reforma das feiras é de R$ 24.809.029,23, dos quais R$ 24.312.848,65 da fonte estadual e R$ 496.180,58 de contrapartida do município. Os serviços envolvem a reforma da cobertura e da estrutura metálica, pintura, reforma de pisos e paredes, entre outras melhorias.

A revitalização dos espaços vai contribuir para o desenvolvimento social e econômico da cidade, para o bem-estar da população, além de proporcionar a melhoria das feiras de Manaus, que durante muito tempo ficaram sem manutenção.

Segundo David Almeida, o plano da prefeitura é reformar todas as feiras da capital. “Nesse convênio com o governo serão 29 das 43. Nós vamos, em um ano e meio, reformar ao todo 34, mas até o final queremos chegar a todas as feiras e mercados de Manaus, aquelas administradas pela Prefeitura. Esse convênio nos dá oportunidade de reformar já 29 feiras e mercados”, explicou.

Maria Ferreira Barbosa tem 70 anos e atua há 36 anos na feira da Compensa, em uma banca de café da manhã e lanche. As expectativas da reforma são grandes. É desse espaço que ela tira o sustento da família. “Vai mudar a minha vida, não só a minha, mas de todos os meus colegas de trabalho”, disse.

No pacote de reformas estão inseridas as três grandes feiras de Manaus – Manaus Moderna, Feira Municipal da Banana e Feira Municipal da Panair, na zona sul –, cujo valor do convênio é da ordem de R$ 5.034.374,25.

Feiras de bairros tradicionais também estão contempladas. No convênio de R$ 1.299.696,84 estão inclusas as reformas das feiras da Japiinlândia e do São Francisco, e o Mercado Municipal Dr. Jorge de Moraes, em Educandos, na zona sul.

Na zona norte, o convênio de R$ 1.329.930,99 contempla as feiras do bairro Mundo Novo, a Feira Municipal Padre Rogério Ruvoletto, em  Santa Etelvina, e a Feira Municipal do Nova Cidade.

Para a zona leste estão sendo destinados R$ 3.711.487,43 para a reforma da Feira Municipal Armando Mendes, Feira Municipal Coberta Jorge Teixeira, Feira Municipal do Coroado e Feira do Porto da Ceasa.

Na zona oeste serão reformadas as feiras municipais do Produtor do Santo Antônio, do São Jorge e Dorval Porto, no bairro Nossa Senhora das Graças, inseridas no convênio de R$ 2.421.349,60. Em outro convênio, de R$ 3.153.105,17, estão contempladas a reforma da Feira Modelo da Compensa, a feira do Quarentão e o Mini Shopping (NAC), ambos na Compensa.

E na zona centro-oeste foram destinados R$ 3.063.572,97 para a reforma de duas feiras itinerantes e a Feira Municipal do Alvorada, todas no mesmo bairro.

Também foram contempladas, num convênio de R$ 4.795.511,98, as feiras do Polivalente, Feira Municipal do 40, da Banana (Eduardinho), Feira Municipal João Sena, Feira Municipal Alvorada I – Ceasa, Feira Municipal da Glória e o Mercado Municipal Maximino Corrêa.

Erosão

Foram assinados ainda dois convênios para evitar erosão com a implantação de contenção de talude e construção de praças. O primeiro deles, no valor de R$ 2.751.266,57, é para obras no conjunto Francisca Mendes, na Cidade Nova, zona norte; o outro, de R$ 3.320.279,68, será no bairro Nova Cidade. Os dois convênios totalizam mais de R$ 6 milhões.

Pacote de investimentos

Os convênios para reforma das feiras fazem parte de um conjunto de investimentos anunciados pelo governador Wilson Lima em 24 de outubro, no dia do aniversário de 352 anos de Manaus. O pacote abrange 11 projetos, a serem implantados com recursos repassados pelo Governo do Estado à Prefeitura, que somam R$ 580 milhões.

Para execução dos projetos, Wilson Lima e David Almeida assinaram protocolo de intenções. Os novos investimentos contemplam ainda obras como a construção de um viaduto na Bola do Produtor, além de repasse de recursos do Governo do Estado para subsídio do sistema de transporte público, garantindo a gratuidade de tarifas para alunos da rede pública, a partir de 2022.

Em 8 de novembro, o governador do Amazonas, Wilson Lima, assinou três convênios com o prefeito de Manaus, David Almeida, para investimentos de R$ 155 milhões no recapeamento e asfaltamento de ruas de todas as zonas da capital e, também, em apoio à agricultura familiar.

Projetos do Protocolo de Intenções firmado entre Governo do Estado e Prefeitura de Manaus

• Recapeamento e pavimentação das vias urbanas de Manaus;
• Realização de obras de contenção de encostas, taludes e erosões, minimizando os efeitos das chuvas e os riscos de deslizamentos;
• Reforma, ampliação e construção de feiras e mercados, ampliando o acesso seguro e com qualidade aos produtos da agricultura familiar, gerando empregos e distribuindo renda;
• Construção do viaduto da Bola do Produtor;
• Construção da nova feira e mercado da Manaus Moderna, incluindo a urbanização do entorno;
• Construção do novo Terminal de ônibus da zona norte, em substituição ao T6;
• Estudos para a implantação da nova Rodoviária de Manaus no Terminal T6;
• Reforma do calçadão, construção de ciclovia e da Arena de Robótica do Polo Industrial de Manaus;
• Execução do projeto do Parque Ponta Branca Encontro das Águas;
• Substituição gradual da frota de ônibus movidos à diesel por tecnologias mais limpas e sustentáveis; e
• Participação do Governo do Estado do Amazonas no custeio do subsídio do sistema de transporte público de Manaus, de modo a manter a tarifa em patamar inclusivo e oferecer gratuidades.

Fotos: Herick Pereira/Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *