PREFEITO ARTHUR NETO RETIFICOU DECLARAÇÃO DE BENS, PORÉM TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL NÃO FEZ A DEVIDA CORREÇÃO

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), comunicou, em nota enviada pela SEMCOM, que a declaração de bens na eleição de 2016 foi corrigida em outubro daquele ano tão logo foi identificado ‘equivoco’. A resposta foi à denúncia do MPF Ministério Público Federal (MPF), que considerou que houve omissão de bens na declaração obrigatória para disputa do pleito.

Leia a nota

 

Esclarecemos que a declaração de bens do prefeito Arthur Virgílio Neto no pleito municipal de 2016 foi corrigida junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas em Outubro de 2016, tão logo o equívoco foi identificado. A petição número 42.503/2016 foi protocolizada no TRE-AM em 30 de Outubro de 2016 e pode ser consultada  nos autos do processo 272-04.2016.6.04.0037/2016.

Posteriormente, foi protocolizada a petição de número 51.178/2016, a qual contém o CD em mídia com a declaração de bens vez que o TRE-AM requisitou a informação neste formato, e que também foi juntada aos autos de número 272-04.2016.6.04.0037.

Ressaltamos que na mesma petição foi solicitada a correção da informação no Sistema DivulgaCand 2016, porém o pedido não foi atendido por razões técnicas, segundo informou o TRE-AM.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *