SSP PROÍBE A ATIVIDADE DE LIMPADORES DE VIDRO EM MANAUS

Após denúncias de extorsões e agressões sofridas por motoristas, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) determinou nesta sexta-feira (17) a proibição da atividade de limpadores de para-brisas na capital. Somente nesta semana, sete pessoas foram detidas durante as fiscalizações em três áreas da cidade. O número disponibilizado para denúncias é o 181.

Em entrevista à TV A Crítica, o vice-governador e secretário de segurança, Bosco Saraiva, afirmou que a atividade não é necessária para os motoristas. “Não é uma atividade solicitada, especialmente pelas senhoras motoristas que são notadamente agredidas. Isso funciona como uma espécie de extorsão”, declarou.

Nesta semana, dos sete envolvidos detidos pela prática, seis deles tinham passagem pela polícia, eram foragidos ou respondem por crimes como homicídio, tráfico de drogas e roubo. “É raríssimo os casos que eles não têm ficha e passagem criminal. Há uma equipe da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop) que já está atuando e a atividade não está permitida”, afirmou Saraiva.

Orientação

Além das fiscalizações, o secretário informou que a equipe tem trabalhado em orientar os limpadores a exercerem outras atividades, visto que a função não é regulamentada pela lei. “Aqueles que querem entrar no mercado de trabalho deverão ir à Delegacia Geral ou procurar a SSP, que vai estar pronta para encaminhá-los à Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab). A população pode nos ajudar informando pelo 181 onde enxergarem alguém desenvolvendo esse tipo de atividade”.

 

FONTE: PORTAL ACRITICA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *