VEREADOR FRED MOTA REPUDIA E LAMENTA MASSACRE DE INDÍGENAS NO AMAZONAS

Revoltado com o massacre de mais de 20 indígenas, ocorrido no mês de agosto deste ano, e confirmado na última sexta-feira, 08, pelo Ministério Público Federal do Amazonas, o terceiro vice-presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Fred Mota (PR), usou o plenário da casa na manhã desta segunda-feira, 11, para repudiar a tragédia.

O vereador destacou que o massacre pode ter sido a maior tragédia indígena das últimas décadas.

“É lamentável, em pleno século XXI, ainda vivenciarmos atrocidades como está. O Ministério Público Federal, confirmou um dos dois massacres em investigação pela Polícia Federal, contra índios Flecheiros, que viviam isolados na terra indígena Vale do Javari, extremo oeste do Amazonas, localizado no rio Jandiatuba, afluente do rio Solimões, no município de São Paulo de Olivença, na fronteira com Peru e Colômbia. Onde as mortes destes índios, foram ocasionadas por garimpeiros. Toda vida é preciosa e merece o mais absoluto respeito, por isso minha repulsa por qualquer ato de violência” enfatizou.

Fred Mota ponderou que não cabe à Câmara municipal de Manaus deliberar sobre assuntos relacionados à questão indígena, mas o Parlamento tem sido atuante ainda assim.

“A competência é do Governo Federal, mas já fizemos muito nesta augusta Casa, aqui já realizamos inclusive homenagens e tribuna popular, no qual, tive o privilégio de participar presidindo os trabalhos. Por isso, o meu manifesto, chamando a atenção do Governo, para que haja uma solução e não tenhamos mais mortes destes povos”, destacou.

O parlamentar finalizou o discurso acrescentando, que o massacre também será debatido nas primeiras reuniões da recém criada Associação dos Vereadores do Estado do Amazonas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *