TROCA-TROCA DE COMANDOS DA PM E PC EXPÕE GRAVIDADE DE CRISE DA SEGURANÇA NO GOVERNO TAMPÃO DE AMAZONINO

A crise que se alastrou pela segurança pública, no governo tampão de Amazonino Mendes (PDT), já não dá mais para esconder debaixo do tapete, ou muito menos, tentar camuflar com campanhas publicitárias dizendo que “tá tudo muito bem, tá tudo muito bom “.

Sem uma política pública eficaz, decisões erradas e investimentos do dinheiro público  em projetos mirabolantes, Amazonino Mendes, vê o seu governo desmoronando e perdendo a ‘guerra’ ao crime.

As primeiras baixas foram as do Delegado Geral da Polícia Civil, Mariolino Brito e do Comando da Polícia Militar, coronel David Brandão, exonerados dos cargos na última terça-feira, dia 4.

Os dois não teriam suportado a pressão da sociedade e falta de investimento da segurança pública. Também não teriam aceitado a imposição e indicação pelo governador Amazonino Mendes, do nome do coronel Walter Cruz para comandar uma pasta criada recentemente pelo próprio governador,  que tirava, de certo modo, a independência do comando da PM, da Polícia Civil e até da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Vale lembrar, que Amazonino prometeu em campanha para o mandato tampão, “arrumar” a casa em um ano, não conseguiu fazer nada para mudar a triste realidade da insegurança no estado. Pelo contrário, causou a revolta interna das forças de segurança ao contratar, a peso de ouro, a assessoria de uma agência internacional para resolver um problema que poderia muito bem ser solucionado com os profissionais do Estado.

Que Deus nos acuda!

 

Fonte: Portal Flagrante 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *