TRIBUNAL PLENO HOMENAGEIA PROCURADOR-GERAL CARLOS ALBERTO E SECRETÁRIO DO PLENO, MIRTYL LEVY

O colegiado do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) fez duas justas homenagens durante a sessão ordinária realizada na manhã de hoje (10): uma ao procurador-geral do Ministério Público de Contas (MPC), Carlos Alberto, que deixa o cargo na próxima sexta (13), e outra ao secretário do Tribunal Pleno, Mirtyl Levy Júnior, que teve a aposentadoria deferida durante a sessão administrativa.

O procurador-geral Carlos Alberto  participou de sua ultima sessão antes da posse do novo procurador do MPC, João Barroso, que será empossado na próxima segunda-feira (16/7). O conselheiro Érico Desterro, no início da 24ª sessão do pleno, parabenizou o procurador-geral Carlos Alberto por seu trabalho no MPC. “Não poderia deixar de registrar a sua passagem nesses dois últimos anos, marcada por ideias inovadoras, que estabeleceu junto ao Ministério Público junto ao Tribunal”, puxou as homenagens.

“Vossa excelência teve três passagens no MPC, para mim de forma brilhante, com sua autoridade”, complementou o conselheiro Júlio Cabral. “Com certeza o procurador continuará ajudando o Tribunal de Contas com seu trabalho e desejo bênçãos ao novo procurador, João Barroso”, completou.

Em sua fala, o conselheiro Júlio Pinheiro cumprimentou o procurador pela atuação respeitosa e contundente junto ao Tribunal. “Parabéns a sua excelência, e, certamente, em suas novas funções haverá de se conduzir da mesma maneira com que se conduziu até agora”, afirmou.

“Eu pontuaria a sua passagem aqui como uma personalidade forte, atuante, atenta, mas, sobretudo, pelo que vossa excelência fez pela lei da transparência”, destacou o conselheiro Josué Filho. “Creio que a sua marca mais forte seja a de sua transparência”.

O conselheiro Mario de Mello relatou como sempre viu o procurador fazer um excelente trabalho à frente do MPC. “Desejo a vossa excelência que não mude, que continue determinado. Nesses anos em que estou nesta Corte de Contas, aprendi muito com vossa excelência”.

O auditor Mário Filho endossou a parabenização ao procurador e desejou “um feliz retorno a suas atividades como procurador de contas”, enquanto o auditor Alípio Reis agradeceu por todo o trabalho do procurador, “por todas as suas contribuições ao longo desses anos que permaneceu conosco”.

O auditor Luiz Henrique acompanhou os cumprimentos à gestão do procurador, e colocou-se como “um aprendiz nessa casa, e agradeço por tudo o que aprendi com vossa excelência”. A conselheira-presidente, Yara Lins dos Santos, também se uniu às manifestações de agradecimento e afirmou que “o Tribunal agradece seu bom trabalho e deseja que continue contribuindo sempre com o Controle Externo”.

Ao se aposentar, secretário do Pleno tem trabalho reconhecido

O secretário-geral do Tribunal Pleno (Sepleno), Mirtyl Levy Júnior, teve seu pedido de aposentadoria julgado favorável, após 39 anos de serviço prestado ao TCE, o que lhe rendeu homenagens dos conselheiros, auditores e procurador-geral no final da sessão, durante sessão administrativa. “Sempre tive a maior admiração pela maneira com que Mirtyl conduz o Tribunal Pleno. Só posso lhe desejar saúde para que continue nos ajudando”, elogiou o conselheiro-decano Júlio Cabral.

“Eu gostaria de agradecer ao secretário não só como profissional, mas também como figura humana, pelo grande carácter que ele tem. Ele foi o responsável pela implantação do julgamento eletrônico desenvolvido por técnicos do próprio TCE. Isso nos enche de orgulho”, agradeceu o conselheiro Júlio Pinheiro, ao que foi seguido pelo conselheiro Érico Desterro. “Realmente, é um servidor que se dedicou muito ao tribunal, sempre dando soluções inteligentes e rápidas para o que fosse necessário”, assinalou.

O conselheiro Josué Filho demonstrou a gratidão pelo trabalho do secretário: “Ninguém sintetiza melhor nossa Corte de Contas do que o secretário Mirtyl, que ajudou na arborização deste tribunal, na nova iluminação cênica da casa, sempre ajudando no que pode”. O conselheiro Mário de Mello, por sua vez, também endossou que “O Mirtyl é uma figura que, indiscutivelmente, é o coração deste tribunal, muito amigável e simpático com todos os servidores”.

Os auditores se uniram aos agradecimentos ao secretário, que apesar da aposentadoria, seguirá na Corte de Contas em cargo em comissão, pela vasta experiência na condução do Sepleno. O auditor Mário Filho afirmou que a aposentadoria era uma conquista pelos anos de contribuição total com o TCE”. O auditor Alípio Reis Firmo Filho, após agradecer, desejou ao secretário “muito sucesso, saúde e paz”, ao que o auditor Luis Henrique acompanhou, dando parabéns e agradecendo pelo apoio aqui no tribunal ao longo de 39 anos e meio”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *