SEINFRA E SRMM REALIZAM RECUPERAÇÃO DO IGARAPÉ DO MINDÚ

 

 

O pacote de obras apresentado pelo Governo do Amazonas inclui o projeto de requalificação socioambiental das nascentes e parte da Área de Preservação Permanente (APP) da porção norte do igarapé do Mindú. Será um dos maiores legados da gestão estadual, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Manaus (SRMM).

Dentre as principais bacias hidrográficas de Manaus, o igarapé do Mindú tem suas nascentes localizadas na zona Leste, sendo seu rio principal o mais extenso curso d’água do sítio urbano, cortando a cidade de nordeste a sudoeste.

Assim, dada a importância dessa parte da bacia hidrográfica, a Seinfra e SRMM elaboram o projeto de recuperação de parte das APP’s e de três de suas nascentes, como ponto de partida estratégico para recuperação dos recursos hídricos e como forma de preservar a estabilidade geológica, a biodiversidade, a fauna, a mata ciliar e a proteção do solo. Além de melhorar a beleza cênica local e o bem estar das populações que habitam a área de influência desse trecho do igarapé do Mindú.

O projeto, em estudos preliminares, objetiva a recuperação do meio
ambiente e recuperação socioambiental do local. Bem como já tem planejada as diversas etapas da obra, tais como dragagem, parque escola, ciclovia, um estacionamento, áreas de jardins, gramados, forrões, arbustos e arborização, jardim filtrante, horta mandala, canteiro sustentável e drenagem pluvial.

O valor estimado da obra é de R$ 40 milhões, com início em agosto de 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *