PROGRAMA ‘FILA ZERO’ ANUNCIADO PELO GOVERNADOR ATENDE 3 MIL PESSOAS NAS PRIMEIRAS 24 HORAS

Mais de 3 mil pessoas ao longo do primeiro dia de execução do programa Fila Zero realizaram consultas e exames com especialistas de saúde, segundo levantamento feito pelo Complexo Regulador do Amazonas (CR-AM), responsável pelos procedimentos médicos na rede pública do Estado.

Na quinta-feira (18), um dia após o lançamento do programa, a fila de espera havia reduzido para dezenas de procedimentos ou até zerado, segundo relatório gerado pelo CR-AM.

De acordo com o balanço, cerca de 70 procedimentos tiveram a fila zerada. É o caso das consultas em cardiologia (arritmia), fisiatria, gastroenterologia (hepatológia) e em mastologia geral, além dos exames de ecocardiografia bidimensional infantil, diagnóstico por tomografia (sedação), retinografia fluorescente e retossigmoidoscopia.

Outros 12 procedimentos reduziram a fila em 50%. Caso da consulta com o oftalmologista, que caiu de 14.288 pessoas na fila de espera para 9.762. A fila para exames de ecocardiograma saiu de 10.111 pessoas para 3.670 esperando na fila na última segunda-feira (22).

De acordo com a coordenadora do Complexo Regulador do Amazonas, Mara Kramer, antes da reestruturação do sistema e da ampliação de oferta, a média de procedimentos diários marcados para quem estava na fila não chegava a mil. “Hoje, estamos marcando 3 mil em um dia. Isso está fazendo a fila andar mais rápido”, afirma Kramer.

O autônomo Manoel Osmar, 59, conta que esperou menos de um mês para a realização de um raio-X. “Eu marquei no início do mês e nem esperava ser chamado agora, porque, normalmente, demora”, comentou.

Como funciona

Todos os exames e consultas oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nas especialidades médicas, explica Mara, são marcados via Sistema de Regulação (Sisreg), obedecendo às cotas e tetos destinados a cada unidade de saúde. Todas as unidades de saúde da rede estadual e municipal, além de prestadores de serviços do SUS, estão integradas, seja por telefone ou via internet, ao sistema que permite a marcação on-line de exames e consultas, imediatamente após à solicitação. Segundo Mara, quando não há vagas em uma unidade o paciente entra na fila de espera.

De acordo com Kramer, a ampliação de 20% da oferta dentro do Fila Zero atende tanto à fila de espera quanto aos novos procedimentos. Ela avalia que a redução será ainda maior a partir desta semana, quando as prestadoras de serviços particulares devem ampliar a oferta em até 25%.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *