PREFEITURA REALIZA AÇÕES DE PREVENÇÃO E ACOMPANHAMENTO NO CONTROLE DA OBESIDADE INFANTIL  

Aos 9 anos e 49 quilos, o aluno M.C.N. foi identificado como obeso, com 11 quilos acima do peso ideal para a sua idade, durante uma consulta na Unidade Básica de Saúde Ivone Lima, no Coroado, zona Leste da cidade. O resultado dos exames de sangue também apresentou índices elevados de colesterol e triglicerídeos. O caso dele é mais um, entre tantos encontrados pelos profissionais de saúde da Prefeitura de Manaus, que entra nas estatísticas de grave problema de saúde pública no mundo inteiro: o sobrepeso nas crianças e adolescentes.

 

Filho de dona Cleice Azevedo e morador no bairro Coroado, o estudante de 9 anos deveria estar com o peso máximo de 38,5 quilos com base no Índice de Massa Corporal – IMC Infantil. “Já prescrevemos o plano alimentar, a dieta, e vamos acompanhá-lo”, conta a nutricionista do Núcleo de Apoio às Equipes de Saúde da Família (Nasf), Magna Freitas, em uma das consultas de atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) na unidade da Prefeitura.

 

Segundo a mãe de M.C.N., Cleice Azevedo, ele gosta de comer alimentos gordurosos e processados industrialmente, frituras e biscoitos doces. Além disso, o sedentarismo é alto, pois seu filho, quando está em casa, passa a maior parte do tempo sentado ou deitado distraindo-se em jogos no celular, deixando de praticar atividades físicas. “Agora, com o tratamento que ele está recebendo na UBS, tenho certeza de que irá aceitar se alimentar de forma saudável”, aposta.

 

Sobrepeso

A obesidade é fator de risco para doenças como a diabetes, hipertensão e câncer. Em Manaus, a prevalência do excesso de peso em crianças de 0 a 5 anos de idade, atualmente, varia de 7,96% a 5,1%, respectivamente, no universo de 40.250 casos registrados em 2017, segundo relatório da Prefeitura de Manaus.

 

As atenções voltadas ao crescimento saudável das crianças fazem parte das ações desenvolvidas por meio das Unidades Básicas e Policlínicas da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), com a execução de projetos específicos e nas escolas e creches da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

 

Na Atenção Primária à Saúde de Manaus, o Núcleo de Ações de Alimentação e Nutrição da Semsa tem intensificado ações em busca da prevenção às doenças e promoção à saúde. Com ênfase para a alimentação saudável e nutricional de crianças na faixa de 0 a 5 anos, a secretaria tem implantado projetos específicos nas unidades básicas, como o “Alimente sua Saúde” em execução na UBS Ivone Lima, no Coroado, zona Leste.

 

“Enquanto os usuários aguardam sua vez para serem atendidos nas dependências da UBS, converso com eles e mostro a todos o valor dos alimentos e a alimentação saudável. Falo do acesso aos vegetais folhosos, às proteínas contidas nas carnes e ovos, além de incentivar o plantio das Plantas Alimentícias Não-Convencionais (Pancs), comestíveis, embora pouco conhecidas como a corama, a ora-pro-nobis, o amor perfeito e o cariru, dentre outras”, explica Magna Freitas.

 

A equipe de profissionais do Nasf é formada por dois nutricionistas, um profissional de educação física, um fisioterapeuta, um terapeuta ocupacional, um médico pediatra e um psicólogo.

 

Prevenção

O aumento do consumo de frutas e hortaliças e redução do consumo de refrigerantes e sucos artificiais fazem parte das metas contidas no Plano Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional e no Plano Nacional de Saúde, do Ministério da Saúde (MS), por meio das quais o Brasil formalizou o seu compromisso em deter o crescimento da obesidade no país junto a Organização Mundial de Saúde (OMS) e à Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *