PREFEITO ARTHUR VIRGÍLIO NETO DECRETA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA E GARANTE IMÓVEIS ÀS VÍTIMAS DO INCÊNDIO NO EDUCANDOS

O prefeito Arthur Virgílio Neto assinou nesta terça-feira, 18/12, o decreto que declara Situação de Emergência em Manaus pelos próximos 180 dias, em virtude do incêndio de grande proporção ocorrido no bairro Educandos, zona Sul, na noite da segunda-feira, 17. Acompanhado da presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, o prefeito garantiu que todas as famílias cadastradas receberão auxílio do aluguel social e que parte dos apartamentos populares da etapa A do Residencial Cidadão Manauara 2 serão destinas às vítimas.

A assinatura aconteceu na sede da Casa Militar, bairro Compensa, zona Oeste, local que concentra o recebimento de doações destinadas às famílias. Segundo o prefeito, o decreto é necessário para que o município possa adotar todas as ações imediatas com a finalidade de minorar os prejuízos acarretados pelo incêndio, sobretudo de assistência às vítimas, de socorro e de restabelecimento de serviços essenciais. O decreto será publicado no Diário Oficial do Município (DOM), na edição de nº 4.501, em sua versão eletrônica, ainda na noite de hoje.

“Eu vi aquela tragédia. Nós não vamos nos limitar a fazer uma lista de doações, vamos efetivamente recorrer à sociedade, que está nos ajudando muito. Tomaremos todas as medidas que possam acabar com a fome, com a falta de roupa, com a falta de segurança básica que se tem no primeiro momento. E buscaremos as soluções dignas para essas famílias”, afirmou o prefeito Arthur Neto.

Ainda na noite de ontem, e nesta madrugada, o prefeito esteve no local do sinistro para acompanhar a situação das famílias. Estima-se que, aproximadamente, 600 casas tenham sido destruídas pelas chamas. A prefeitura trabalha para concluir o levantamento das pessoas atingidas ainda nesta terça-feira.

Servidores da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) atuam na identificação das famílias, assim como orientam para a emissão de documentos, como certidão de nascimento, além da arrecadação de alimentos, roupas e outros itens no posto localizado ao lado da Igreja Batista Constantinópolis, na avenida Leopoldo Péres, 419, bairro Educandos.

A equipe do Fundo Manaus Solidária coordena a arrecadação de donativos e triagem dos itens para doação. Já a Defesa Civil de Manaus segue com o levantamento das casas destruídas pelo fogo. A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) acionou a concessionária Águas de Manaus para dar suporte, por meio de caminhões-pipa, na limpeza dos locais que estão servindo de abrigo aos moradores como as igrejas, quadras e as escolas da área, além de dar condições de manter a higiene das famílias.

Monitoramento

Depois de reunir o secretariado na sede da prefeitura, zona Oeste, para definir as medidas paliativas, entre elas o aluguel social de seis meses, prorrogáveis por mais seis, e a destinação de unidades habitacionais para as famílias que perderam suas casas, o prefeito Arthur Neto voltou ao local do incêndio para verificar o trabalho das equipes de assistência social e levar conforto e segurança para a comunidade do Educandos, no sentido de que as vítimas não ficarão desamparadas.

Na ocasião, o prefeito disse ainda que espera a efetiva ação do governo federal em favor das famílias vítimas do incêndio no Educandos, como sinalizou, a partir de sua conta pessoal no Twitter, o presidente Michel Temer.

“Vamos esperar mesmo a solidariedade do presidente Temer, que se manifestou pelo Twitter, declarando ajuda. E pelo Twitter pedi ao presidente eleito (Jair) Bolsonaro que também se preocupe com o destino seguro que nós devemos dar às pessoas vítimas desse sinistro. Entendo que representam a mesma instituição, ou seja, a obrigação que um assumiu não pode ser desfeita pelo outro”, reforçou o prefeito de Manaus.

Situação de Emergência

A partir do decreto de Situação de Emergência, ficam a Defesa Civil e a Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) autorizadas a adotar as ações necessárias ao enfrentamento da situação de emergência. Caberão às secretarias planejar, organizar, coordenar e controlar as medidas a serem adotadas, fazer articulação junto às esferas federal e estadual, assim como manter o prefeito atualizado da situação de emergência a partir de relatórios técnicos.

Ficam incumbidas ainda, caso necessário, de propor a contratação temporária de profissionais e serviços, assim como a aquisição de bens para enfrentamento da situação de anormalidade. Durante o processo, a população será informada sobre o resultado das ações adotadas. O documento estabelece também corresponsabilidade a todos os órgãos e entidades do município, dentro de suas atribuições legais, no sentido de enfrentar a situação de emergência pelos próximos seis meses.

Campanha

Ainda como parte das medidas anunciadas pelo prefeito, o Réveillon de Manaus 2018 vai se tornar uma grande mobilização solidária. Artistas já confirmados para o evento protagonizarão a campanha #ManausSolidária. O cantor Luan Santana, que se apresentará no Complexo Turístico Ponta Negra, foi o primeiro a manifestar total apoio ao movimento.

“Não tem motivo para suspendermos a festa da virada. O certo mesmo, a meu ver, é pegarmos as pessoas que vão se apresentar e que têm prestígio, que juntam gente, que são amadas, queridas e respeitadas, para que estimulem a solidariedade em prol das famílias que perderam tudo que tinham”, explicou o prefeito Arthur.

Doações de alimentos não-perecíveis, roupas, água, lenções, itens de higiene pessoal, entre outros, podem ser direcionadas à base central na Casa Militar, localizada na avenida Padre Agostinho Caballero Martin, 770, Compensa. Depósitos em dinheiro podem ser feitos na conta do Fundo Manaus Solidária, com razão Social Fundo Social de Solidariedade, CNPJ: 28.042.447\0001-42, no Banco do Brasil, Agência: 3563-7 e Conta Corrente: 9.703-9. Todos as doações serão destinadas às famílias cadastradas pela Semasc.

“Nós estamos buscando soluções para atender todas essas famílias e não apenas de maneira paliativa. Ali tem crianças, idosos, deficientes físicos, uma série de situações e problemas que precisamos resolver. Nosso povo é solidário e o Fundo Manaus Solidária tem o dever de expandir esse sentimento para ajudar quem está precisando”, declarou a presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro.

Somado a isso, eventos realizados pela prefeitura também ganham esse caráter solidário, como o Pedágio Ambiental, realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), que excepcionalmente nesta quarta-feira, 19/12, estará funcionando no Parque 10 de Novembro, como um ponto de entrega de donativos para as famílias desabrigadas, localizado em frente à Igreja de Nossa Senhora de Lourdes, entre as ruas 25 e do Comércio. Ao invés de 600, serão doadas nesta quarta-feira, 1 mil mudas de espécies frutíferas, ornamentais e medicinais.

Servidores do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) já doaram 1 mil pacotes de leite em pó para as vítimas do incêndio no Educandos. Os volumes foram entregues na Casa Militar. O leite em pó foi arrecadado durante as inscrições da 5ª Corrida Manaus pela Paz no Trânsito, realizada no último dia 15, no Complexo Turístico da Ponta Negra, como parte da programação da Prefeitura de Manaus pelo Dia Mundial em Memória às Vítimas de Trânsito.

Postos descentralizados

Escolas municipais de Manaus também servirão de pontos descentralizados para receber as doações voltadas às famílias vítimas do incêndio, de acordo com a relação abaixo.

 

  • Creche Municipal Magdalena Arce Daou – Rua Professor Carlos Mesquita, Santa Luzia
  • Nazira Chamma Daou – Rua Inácio Guimarães, Educandos
  • Escola Municipal Marechal Cândido Rondon – Avenida do Turismo, Tarumã Pontal – Tarumã
  • Escola Municipal Professora Percília do Nascimento Souza – Rua Natal, Compensa 2
  • Escola Municipal Jornalista Sabá Raposo – Rua Santa Mônica, Manoa Florestal, Monte das Oliveiras
  • Escola Municipal Presidente João Goulart – Rua das Samambaias, Santa Etelvina
  • Escola Municipal Irmã Zenir de Castro Alves – Rua 173, Qd 132, Núcleo 15, Nova Aleixo
  • Escola Municipal Deputado Ulisses Guimarães – Rua 27, Qd 124, Conjunto Amazonino Mendes, Novo Aleixo
  • Cmeja Professor Samuel Benchimol – Rua da Penetração, etapa B, São José 1
  • Divisão Distrital Zonal (DDZ) Leste 1 -Avenida Autaz Mirim, 2532, Armando Mendes
  • Escola Municipal Professor Themistocles Pinheiro Gadelha – Rua Puruí, Jorge Teixeira
  • Escola Municipal Maria Ferreira da Silva – Avenida Autaz Mirim, Jorge Teixeira
  • Escola Municipal Solange Nascimento – BR-174, Estrada Manaus Caracaraí
  • Escola Municipal Lago e Silva – Rodovia AM-010, Manaus Itacoatiara

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *