OPERADOR DE MÁQUINA DENUNCIADO PELO HOMICÍDIO DA COMPANHEIRA NA ZONA LESTE É PRESO

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado titular do 25º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Rafael Allemand, falou na tarde desta terça-feira, dia 4, durante coletiva de imprensa realizada às 14h30, no prédio da unidade policial, sobre a prisão em flagrante, efetuada por policiais militares, do operador de máquina Edmilson Santos Silva, 52, pelo homicídio consumado (feminicídio) da companheira dele, Maria do Carmo de Araújo Gomes. A vítima tinha 46 anos.

De acordo com a autoridade policial, o crime ocorreu na madrugada desta terça-feira, dia 4, por volta de 1h, na residência onde o casal morava, localizada na Rua Bom Samaritano, bairro Zumbi dos Palmares, zona Leste da capital. O infrator foi interceptado por policiais militares logo em seguida, após familiares da vítima ligarem para o Centro Integrado de Operação de Segurança (Ciops) relatando a ocorrência. Na ocasião, informaram que Edmilson teria desferido um golpe de faca no pescoço da esposa.

“No início da noite de ontem a mulher teria revelado ao companheiro que não estaria mais satisfeita com o relacionamento que eles mantinham. Após ter relação sexual com a mulher, Edmilson foi até a cozinha e pegou uma faca.  Em seguida retornou ao quarto e desferiu uma facada no pescoço de Maria do Carmo. Ele argumentou que não aceitava a separação e, por isso, cometeu o crime. Em depoimento, o infrator relatou que na hora do ato criminoso ele teria falado que se ela não fosse dele, não seria de mais ninguém”, declarou Allemand.

Conforme o titular do 25º DIP, o casal estava junto há 23 anos. No início da noite de domingo, dia 2, a vítima teria informado o companheiro que queria a separação, pois estaria se relacionando com outra pessoa. “Naquela mesma noite ele saiu de casa com R$ 2 mil em espécie para comprar uma arma de fogo para praticar o crime, mas a pessoa que iria vender o objeto não compareceu ao local combinado”, esclareceu.

Segundo o delegado, Edmilson ainda tentou cometer suicídio, ingerindo estimulantes sexuais logo após cometer o crime. “Quando os policiais militares chegaram no local encontraram o infrator jogado no chão, com um ferimento no abdômen. Em seguida o levaram ao Hospital e Pronto-Socorro Doutor João Lúcio Pereira Machado, na zona Leste, onde ele recebeu atendimento, foi liberado e em seguida encaminhado ao 25º DIP”, disse.

Edmilson foi autuado em flagrante por homicídio consumado (feminicídio). Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, o operador de máquina será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, situado no bairro São Francisco, zona Sul da capital.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *