Blog do Marcell Mota

MEDICAMENTO ANTI-HIV SERÁ DISPONIBILIZADO A PARTIR DE JANEIRO EM MANAUS PARA PESSOAS EM RISCO

 

A profilaxia pré-exposição (PrEP) ao HIV, que consiste no consumo diário de um medicamento preventivo, chamado antirretroviral Truvada, será disponibilizada pela Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado a partir de janeiro em Manaus, informou a Secretaria Estadual de Saúde (Susam), nesta terça-feira (26).

O tratamento será ofertado a pessoas que não têm o vírus HIV, mas que estão mais expostas à infecção, como profissionais do sexo e casais sorodiscordantes (quando apenas um dos parceiros é soropositivo).

Segundo a coordenadora estadual de IST/Aids e Hepatites Virais, Dessana Chechuan, a medicação foi enviada pelo Ministério da Saúde e já encontra-se em Manaus. A Fundação está finalizando a montagem do fluxo de atendimento e a previsão é que no início de janeiro a medicação comece a ser distribuída aos pacientes.

A coordenadora ressalta que a PrEP é uma estratégia importante e que pode contribuir para redução dos altos índices de infecção por HIV, porém o tratamento não substitui o uso do preservativo. “A camisinha continua sendo a maneira mais eficiente de prevenir o HIV e também outras infecções sexualmente transmissíveis”, disse, por meio da assessoria.

Barreira contra o HIV

A profilaxia pré-exposição (PrEP) é a combinação dos antirretrovirais tenofovir com a entricitabina. Dessana Chechuan explica que a medicação funciona como uma barreira para o HIV antes que a pessoa tenha contato com o vírus. Os estudos científicos demonstraram que o uso da PrEP pode reduzir o risco de infecção por HIV em mais de 90%, desde que o medicamento seja tomado corretamente, já que a eficácia está diretamente relacionada à adesão.

Após o início do uso da PrEP, o efeito de proteção só começa após o sétimo dia de uso diário do medicamento para as relações envolvendo sexo anal. Já para as relações envolvendo sexo vaginal, a proteção só começa após 20 dias de uso diário.

O QUE É PREP?

A PREPé uma prevenção à infecção pelo vírus. Diferente de uma vacina, ela não torna a pessoa que toma o medicamento imune ao HIV, mas evita que ele se instale no sistema sanguíneo. O remédio chamado truavada – uma combinação dos antirretrovirais tenofovir e emtricitabina – precisa ser tomado diariamente.

O público prioritário para este tipo de profilaxia, segundo o Ministério da Saúde, compreende os homossexuais, homens que fazem sexo com outros homens, travestis e transexuais, profissionais do sexo e parceiros sorodiscordantes – quando um tem o vírus e o outro não.

Para fazer a profilaxia, as pessoas que se expõe a situações de risco para o vírus precisam comprovar que não têm HIV, caso contrário devem inciar o tratamento com coquetel antirretroviral. Uma vez que a PREP é iniciada, são necessários exames mensais de acomapanhamento.

Desde 2014, a profilaxia pré-exposição é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para pessoas em risco considerável de se infectarem com HIV e sua eficácia foi COMPROVADA POR QUATRO ESTUDOS CLÍNICOS.

O QUE É PEP?

A chamada PEP é a Profilaxia Pós-Exposição, uma série de medicamentos que devem ser tomados para evitar que o HIV se instale no organismo após uma situação de risco. Popularmente é conhecida como a “pílula do dia seguinte do HIV”. A diferença é que não basta tomar um comprimido, são necessárias 28 doses – uma por dia.

O ideal é que a PEP seja iniciada logo nas primeiras horas após a exposição ao vírus. O prazo máximo para que tenha efeito é de 72 horas. A profilaxia é recomendada especialmente nos casos de violência sexual, para profissionais da saúde que tenham se acidentado, para profissionais do sexo e pessoas que se relacionam com parceiros soropositivos.

No entanto, quem tiver tido uma relação sexual consentida sem camisinha também pode buscar o pronto-socorro e solicitar a PEP. “Lá, essa pessoa vai ser orientada sobre a importância do uso do preservativo e as precauções que precisa tomar para evitar nova exposição”, explicou a infectologista Valéria Lima.

 

FONTE: PORTAL G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *