MANACAPURU RECEBE OFICINA DE SENSIBILIZAÇÃO E PLANEJAMENTO TURÍSTICO DA AMAZONASTUR

Cenário sobre a Atividade Turística no Estado, Legislação Turística, Qualidade no Atendimento, Educação Patrimonial e Segmentos do Turismo são alguns dos temas da 1ª Oficina de Sensibilização e Planejamento Turístico, que o Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur) está realizando em Manacapuru (68 quilômetros de Manaus).

A oficina, que faz parte do calendário de ações que o Órgão de Turismo do Estado fará nos municípios em 2017, além de planejar e sensibilizar, visa debater soluções para que a atividade turística possa ser uma alternativa para alavancar novamente a economia do município.

 

Para a presidente da Amazonastur, Oreni Braga, Manacapuru tem potenciais que podem colocar o município entre os principais destinos turísticos do Estado. “Tem um Festival Folclórico (das Cirandas) maravilhoso, uma reserva de desenvolvido sustentável (do Lago do Piranha) que é formada por um complexo de lagos, região que é rota migratória e de produção de aves como a garça branca, jaçanã, entre outros, além de ser um ótimo local para a prática da pesca esportiva. Tudo isso vai ser explorado da melhor maneira para transformar novamente a cidade em um destino indutor da atividade turística”, destacou.

IMG_2052

O prefeito do município, Beto D’Ângelo, disse que todo esforço para alavancar a economia de Manacapuru será aceito e confirmou que a prefeitura fará o seu papel, incentivando e apoiando ações iguais a essa que a Amazonastur está realizando em Manacapuru. “Durante anos nos apequenaram. Tiraram a nossa autoestima. Transformaram a nossa cidade uma ‘terra de uma só rua’. Vamos mudar esse cenário e foi por isso que fui atrás da Amazonastur para nos ajudar neste setor tão importante que é o turismo”, completou.

 

Cirandas – O Festival de Cirandas de Manacapuru, de acordo com a presidente da Amazonastur, terá mais apoio em relação a promoção da festa. “Vamos novamente colocar esse festival nas principais vitrines do mundo. O mesmo trabalho que fazemos com Parintins, iremos fazer com essas três cirandas, que também fazem parte da nossa identidade cultural”, afirmou Oreni.

 

Juntamente com a prefeitura de Manacapuru, a titular da Amazonatur, informou que a primeira ação de promoção do Festival de Cirandas deverá ocorrer em São Paulo, durante a Feira das Américas ABAV 2017. “Agora, vamos esperar o resultado dessa oficina para trabalharmos. Já iremos planejar com a nossa equipe as ações estratégicas para promover não só o Festival, mas o município como um todo”, informou.

 

Municípios – Além de Manacapuru, o Governo já realizou a Oficina de Sensibilização e Planejamento Turístico em Maués e vai realizar ainda em Iranduba e Nhamundá em abril. “A nossa meta é trabalhar inicialmente nos municípios que nos procuraram e também nos 12 que são indutores de turismo no Estado”, finalizou Oreni Braga.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *