IGUARIA DE PRESIDENTE FIGUEIREDO É DESTAQUE NO CONCURSO MASTERCHEF DOS MUNICÍPIOS EM MANAUS

 

 

O tucunaré à moda das cachoeiras, tradicional iguaria do município de Presidente Figueiredo, ganhou destaque na primeira edição do Festival de Turismo dos Municípios e Mostra Gastronômica do Amazonas, realizado em Manaus, na noite desta quinta-feira (22), no Centro de Convenções Vasco Vasques.

 

O prato, que acompanha em sua receita geleia de cupuaçu, banana e queijo qualho, foi preparado pela chef Liete Lima e alcançou o segundo lugar entre os dez melhores pratos do Concurso MasterChef dos Municípios, com diferença de um décimo apenas. A disputa contou com a participação de quinze municípios do Amazonas.

 

“Estamos a caminho da gastronomia nacional e internacional. Ver nossas belezas naturais e iguarias típicas ganhando visibilidade na região Norte nos enche de orgulho e nos motiva a continuar investindo no que de melhor em nossa terra”, declarou Alexandre Lins, titular da Secretaria Municipal de Turismo, Empreendedorismo e Comércio (Semtec).

 

Após o resultado do concurso, a chef Liete Lima disse ter ficado imensamente feliz com o reconhecimento e falou sobre a receita apresentada. “Eu preparei um filé de tucunaré à moda das cachoeiras, que é o carro chefe de Presidente Figueiredo. O peixe é feito ao molho de geleia de cupuaçu e bechamel, com banana e queijo qualho. Também fiz um arroz com castanha e uma farofa picante para acompanhar. Fico muito feliz em saber que a receita foi aprovada e apreciada”, disse.

 

Festival de Turismo 

 

A primeira edição do Festival de Turismo e Mostra Gastronômica do Amazonas iniciou ontem, dia 22, e seguirá até o próximo domingo, dia 25. Durante o evento, os visitantes terão a oportunidade de conhecer os principais atrativos turísticos de 15 municípios turísticos do Estado.

 

De acordo com a presidente da Amazonastur, Oreni Braga, o evento é gratuito, mas quem doar um quilo de alimento não perecível vai concorrer a prêmios, entre eles estadias em hotéis de selva e passagens áreas.

 

“O festival não é só uma vitrine de atrativos regionais, mas, sobretudo, um forte investimento no aquecimento do turismo e da economia local. Esse evento foi planejado com muito carinho e dedicação, no qual pretendemos trazer à tona, principalmente aos amazonenses, as riquezas naturais e a gastronomia da nossa região Norte. Temos que explorar e valorizar o que é nosso”, disse.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *