GOVERNADOR DAVID ALMEIDA PARTICIPA DE HOMENAGEM AO COMANDANTE MILITAR DA AMAZÔNIA

O governador David Almeida participou, na tarde desta segunda-feira, 21 de agosto, da solenidade que condecorou o Comandante Militar da Amazônia e General de Exército, Geraldo Antonio Miotto, com a medalha e diploma do Mérito Legislativo concedida pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). A honraria foi entregue pelo presidente do Tribunal, Desembargador Flávio Pascarelli.

 

Para o governador David Almeida, o Exército tem papel fundamental na proteção das fronteiras do Estado e na atuação em locais de difícil acesso da nossa região.

“Uma homenagem justa e meritória de alguém que tem se doado e ajudado a Amazônia. Na questão da Defesa Civil quando as águas sobem e baixam sempre o Exército está presente. O Exército guarnece nossas fronteiras. Se você for lá pra Cabeça do Cachorro, lá em Tabatinga, lá em Tefé ou Eirunepé o Exército está presente. Portanto o Exército é o guardião da nossa Amazônia e essa é uma justa homenagem”, destacou o governador.

 

O General de Exército, Geraldo Antonio Mioto, incorporou às fileiras do Exército em 28 de fevereiro de 1972, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, sediada em Campinas, São Paulo. Foi promovido ao posto de Comandante Militar da Amazônia em 31 de março de 2016.

 

Para o homenageado, a medalha é reflexo do trabalho desenvolvido por todos os homens e mulheres que prestam serviços para o Exército em prol da população.

 

“É o reconhecimento do Poder Judiciário não ao General Mioto, mas aos 22 mil homens e mulheres que fazem parte do Comando Militar da Amazônia. Quem mais merece isso são os nossos soldados que estão lá nas fronteiras, nos agentes que estão numa voadeira percorrendo os rios da Amazônia e todos que estão neste momento, impedindo os ilícitos nas fronteiras, o narcotráfico, o contrabando de armas, o desmatamento, a pesca ilegal e o garimpo. São eles que mais merecem, eu sou apenas o representante de todos eles”, pontuou.

 

Instituída por intermédio da Resolução nº 49 de 21 de outubro de 1982, e disciplinada em regulamento próprio, a honraria concedida ao General Mioto, tem a finalidade de premiar por mérito chefes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário da União e dos Estados, ministros, desembargadores, juízes, procuradores de Justiça, juristas eminentes, além de servidores e serventuários de Justiça que se destacaram no exercício de suas funções.

 

A insígnia da Ordem é a mais elevada distinção honorífica do Tribunal de Justiça do Amazonas. Para o desembargador Pascarelli, o Comandante Militar da Amazônia cumpre com a excelência em suas funções.

 

“O General cumpre com excelência, os valores do Exército com destaque para o seu patriotismo, valor e ética, espírito de corpo, excelência operacional e dedicação as atividades em prol da pátria. Temos na figura dele, uma vida inteira dedicada ao exercício da função de resguardar e proteger”, reforçou o presidente Judiciário amazonense.

 

FOTOS: BRUNO ZANARDO

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *