ESTUDOS INDICAM MELHORIA NO APRENDIZADO DOS ALUNOS E REDUÇÃO DO ABANDONO ESCOLAR NA REDE MUNICIPAL

Indicadores educacionais, obtidos pelas 492 unidades de ensino do município, apontam que o índice de aprovação da rede cresceu e que houve redução na quantidade de alunos que abandonaram, por algum motivo, a escola. Os números consideram um comparativo entre o segundo e o primeiro bimestre de 2017, além dos resultados da segunda Avaliação de Desempenho do Estudante (ADE).

 

Os dados foram apresentados pela equipe de Gestão Integrada da Escola (Gide), da Secretaria Municipal de Educação (Semed), durante Painel Pedagógico Gerencial, realizado nesta quarta-feira, 30/8. Além da secretária Kátia Schweickardt, participaram do encontro os subsecretários de Gestão Educacional, Euzeni Trajano, e de Administração e Finanças, Bruno Guimarães, além de chefes e assessores das Divisões Distritais Zonas (DDZs).

 

O número de acertos das questões apresentadas na segunda ADE alcançou 58,2%, ficando o número de erros em 39,5%, sendo as respostas deixadas em branco 2% e questões rasuradas 0,2%. Em comparação aos mesmos resultados do ano de 2016, a rede municipal de educação obteve um crescimento de 12,4% no número de acertos dos estudantes na avaliação.

 

A ADE apresentou bons números, principalmente, entre os alunos dos 5° e 9° anos do Ensino Fundamental, que farão a Prova Brasil em novembro deste ano, a qual compõe nota do índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Entre os 5º anos, a taxa de acertos cresceu 14,4% em relação ao ano passado. Já nos 9º anos, o crescimento foi de 29,9%.

 

Aprovação e abandono

 

Já o número de abandono escolar no segundo bimestre apresentou queda de 35,9%. Os índices positivos foram atingidos, em parte, pela atuação dos Centros Municipais de Atendimento Sociopedagógico (Cemasp), que entre julho de agosto de 2017 realizaram 1.026 visitas a alunos em quadro de potencial abandono. Durante a ação, é feito um acompanhamento multidisciplinar para verificar os motivos do afastamento desses estudantes e orientação para que retornem.

 

“Faz diferença esse monitoramento, que nos ajuda a encontrar o rumo do nosso trabalho. Esses números são parte do exercício de escuta que precisamos desenvolver. Com muito esforço e suor de todos os envolvidos, temos conseguido alcançar os nossos objetivos”, destacou a secretária da Semed, Kátia Schweickardt, comemorando os bons números alcançados com o trabalho no primeiro semestre.

 

Ainda segundo os dados levantados, o rendimento interno das escolas municipais cresceu 6,6% em comparação aos últimos dois anos. No mesmo período em 2015 e 2016, os alunos aprovados totalizavam 81,1% e 81,9% respectivamente. Já este ano, os aprovados já somam 86,5%. Também houve crescimento na quantidade de estudantes que conseguiram a aprovação entre o primeiro e o segundo bimestre deste ano, chegando a um aumento de 6,7%.

 

“O assessoramento pedagógico é importantíssimo. Não podemos abrir mão de fazer esse assessoramento, porque ele é fundamental para que saibamos onde devemos atuar com mais atenção e tenhamos um bom desenvolvimento”, reforçou a subsecretária de Gestão Educacional, Euzeni Trajano, sobre o trabalho realizado pelas DDZs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *