DIRETOR DO SITE AMAZONAS ATUAL É AMEAÇADO E REGISTRA OCORRÊNCIA NA POLÍCIA

O jornalista Valmir Lima, diretor de redação e proprietário do site de notícias AMAZONAS ATUAL registrou ocorrência, na tarde deste domingo, 20, em delegacia de Polícia Civil, em que relata uma ameaça recebida via Messenger/Facebook. Ele também conversou com autoridades para deixá-los a par da situação e pediu que o caso seja investigado com a urgência que merece.

De acordo com o jornalista, a mensagem foi enviada na sexta-feira, 18, mas como se tratava de um perfil desconhecido, fica armazenado em ambiente que só é visitado esporadicamente. O perfil que enviou a mensagem é de Douglas Cesar (possivelmente falso, segundo Lima). No texto enviado via Messenger, o autor faz ameaças e xinga o jornalista com palavras baixas.

“Valmir, a vida toda você foi um jornalistazinho de merda. Um insignificante. Bem do seu tamanho, um tolete. Seu blog de merda vinha insistindo em noticiar fraude na … [nome omitido para preservar terceiros], revelando todo o seu recalque e inveja de quem venceu na vida”, diz a primeira parte da mensagem.

Em seguida, o criminoso narra fatos relacionados a uma determinada matéria publicada no site AMAZONAS ATUAL em dezembro de 2017, com desdobramentos publicados neste ano, em outros textos, no mesmo site.

Na terceira parte, mais ameaças e mais palavras rasteiras, o que revela ser o autor uma pessoa desqualificada. Aqui reproduzimos o texto como foi escrito, em caixa alta: “FAÇA AS DEVIDAS CORREÇÕES IMEDIATAMENTE E NUNCA MAIS FALE DE MIM, DOS MEUS NEGÓCIOS E DA MINHA FAMÍLIA. SE FALAR, EU VOU TE PROCURAR E ENFIAR UMA COISA BEM GRANDE E RÍGIDA NO SEU CU. VOCÊ ME CONHECE E SABE QUE EU NÃO DEIXO BARATO. VOU DESCONTAR O VELHO (cita uma antiga emissora de rádio) E O NOVO. ESTOU AGUARDANDO A REPARAÇÃO. NÃO BRINQUE, EU TE ACHO ONDE VC SE ESCONDER. VAGABUNDO”.

Apesar do autor da ameaça dizer que o jornalista Valmir Lima o conhece, ele diz que não sabe, de fato, quem está fazendo as ameaças. “Ele cita uma antiga emissora de rádio onde trabalhei há mais de 25 anos e de onde saí sem deixar qualquer desafeto. É como se fosse alguém que também trabalhou lá à época em que eu trabalhei, de 1991 a 1992”, disse Lima.

O jornalista afirma que a ira do autor das ameaças está relacionada às matérias atuais publicadas no site, as quais ele pede que sejam “corrigidas”, mas diz que não há o que corrigir. “As matérias sobre esse tema foram publicadas com base em documentos oficiais e não temos o que corrigir. Se autor das ameaças quisesse ver alguma coisa corrigida, era só pedir direito de resposta, que teria espaço garantido no site”, disse Lima.

O autor disse que vai esperar ser chamado na delegacia nesta segunda-feira, 21, para apresentar os dados do perfil e a mensagem na íntegra. Também na segunda-feira, vai procurar o Ministério Público Federal, que também investiga os fatos narrados pelo site e que geraram as ameaças.

Na matéria, o diretor de redação do ATUAL preferiu não publicar a ameaça na íntegra, por suspeitar de que ela contém elementos que podem incriminar o próprio site, em futuro processo pelo verdadeiro autor das ameaças. O texto cita o nome de uma empresa, de um político com foro privilegiado e de secretarias e órgãos governamentais. “É melhor não revelarmos esses nomes para preservar a própria investigação policial”, disse Lima.

Sobre o fato de o autor das ameaças dizer “não brinque, eu te acho onde você se esconder”, o jornalista afirma que o site nunca escondeu a identidade de seu dono e divulga no ambiente do site e nas redes sociais o endereço da redação, onde ele trabalha todos os dias. “Não me escondo. A atividade jornalística é acima de tudo um ato de coragem”.

 

 

FONTE: AMAZONAS ATUAL

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *