DAVID DEIXOU MAIS DE R$ 400 MILHÕES PARA AMAZONINO

Ao assumir o governo do Amazonas, em maio do ano passado, o deputado David Almeida encontrou um déficit de R$ 654 milhões nas finanças Estado, mas no início de outubro, quando saiu do governo, David deixou R$ 465 milhões em caixa para a gestão de Amazonino Mendes.

Nem mágica, nem milagre. David Almeida avalia que o resultado ocorreu em função de uma administração que cortou custos, priorizou investimentos no setor produtivo, mantendo pagamentos de funcionários e fornecedores, além de ações pontuais, como o pagamento de abono salarial aos professores. “Colocamos dinheiro para circular na economia local e, enquanto o Brasil inteiro estava em crise, o Amazonas respirou outros ares”, comenta David.

O resultado foi que, mesmo em um ano em que o Amazonas teve três governadores – Melo, David e Amazonino – o Estado arrecadou R$ 827 milhões a mais do previsto, enquanto os municípios do interior receberam R$ 6.120.202.448,09 de recursos estaduais e federais, num recorde de arrecadação, com reais possibilidades de investimentos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *