AEROPORTO EDUARDO GOMES É O SEGUNDO DO BRASIL COM MAIS PRISÕES POR TRÁFICO

Das 141 pessoas que foram presas pela Polícia Federal no Amazonas no ano passado, 111 foram feitas em flagrante no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus, quando tentavam embarcar levando porções de droga em suas bagagens ou em seus corpos, segundo informou o delegado titular da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), Caio Avanço.

De acordo com o delegado, em número de prisões, o aeroporto de Manaus só perde para o Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, o maior da América Latina e com a maior circulação de pessoas. De acordo com o levantamento feito pela PF, o aeroporto de Manaus está incluído na rota do tráfico e é uma das principais saídas de entorpecentes do Estado. “Manaus é o primeiro ponto do escoamento da droga que vem pelos rios Solimões e Negro”, destacou o delegado da PF.

Os dados fazem parte do balanço das ações de repressão e combate ao tráfico de droga da Polícia Federal no Amazonas em 2017, que, de acordo com Caio Avanço, foi um ano proveitoso, com resultados positivos para operações que conseguiram desarticular grupos criminosos até então desconhecidos, porém bem estruturados, que estavam abastecendo os mercados nacional e internacional com drogas.

Conforme o delegado, também no ano passado, a Polícia Federal no Amazonas apreendeu 9.686,2 toneladas de droga, enquanto que em 2016 foram 6.429,1 toneladas. Aumentou ainda o número de armas apreendidas com os traficantes. Foram cinco fuzis, quatro espingardas, e um revólver calibre 38. Em 2016 foram apreendidos apenas um fuzil, uma espingarda e duas granadas. “Eles estão utilizando lanchas rápidas e muito armamento”, disse o delegado.

Fonte: portal acritica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *