GOVERNADOR AMAZONINO MENDES LANÇA PROGRAMA DE COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇA, ADOLESCENTE, MULHER E IDOSO

O governador Amazonino Mendes lançou, na manhã desta quinta-feira, 08, o projeto “João & Maria”, voltado ao combate à violência contra criança, adolescente, mulher e idoso. O projeto, que conta com a parceria de diversas secretarias estaduais, associações comunitárias e o Ministério Público do Trabalho (MPT), vai percorrer mais de 200 escolas públicas em todas as zonas de Manaus para conscientizar a população sobre o combate à violência contra parcelas vulneráveis da população.

Na sede do Governo do Amazonas, bairro Compensa II, zona oeste, o governador destacou que o projeto é oportuno, sobretudo para inibir crimes que atingem as famílias manauenses.

“Quero parabenizar a iniciativa da Secretaria de Segurança, das mais felizes, da feita que a violência praticada contra os desamparados, no caso a violência contra a criança, o idoso, o adolescente e a mulher, corporifica atos de extrema incivilidade. Nada mais correto, portanto, que a intervenção do Estado”, declarou o governador.

O governador ressaltou a participação dos palestrantes (formados por delegadas, policiais militares e bombeiras) como fundamental no processo de conscientização contra a violência familiar. “Quero dizer a vocês que estou de mãos dadas com vocês nessa batalha. Faço votos que cada palestrante, cada delegada, oficial, enfim, todos que estão (no projeto), sejam conscientes que estão prestando um serviço valiosíssimo. Vocês são como se fossem médicos diante de doentes. Oxalá que vocês consigam palestrando com as famílias curar essa doença social, essa cultura, esse comportamento equivocado, errado”, destacou Amazonino.

De acordo com o governador o combate à criminalidade tem de ser abrangente, de modo que a cidadania esteja aliada às ações de segurança, como com o projeto “João & Maria”. “A consciência é de todos nós, militar e civil, não importa, é uma só, chamada cidadania. O exercício de governar é um exercício difícil, mas é nobilíssimo. É muito nobre. Ele nos conforta, porque permite nós agirmos desta maneira, corrigindo, trazendo o auxílio, o socorro, a esperança. Isso em última análise forma uma nação, constrói um povo”, afirmou o governador.

Projeto

Segundo o vice-governador e secretário estadual de  Segurança Pública, Bosco Saraiva, o projeto se estenderá até o mês de abril, em toda a capital amazonense, para chamar a atenção das famílias no combate a esses tipos de violência. “A segurança é um dever de todos nós. E, portanto, esse ciclo de palestras que serão realizadas por essas mulheres civis e militares durante o período entre março e abril na cidade de Manaus dá conta exatamente da mobilização de toda a sociedade para o combate ao crime contra a criança, adolescente, idoso e mulher. Os números são assustadores, uma cultura na nossa terra. Esse ciclo de palestra ataca diretamente a causa dos problemas da violência nesses quatro campos”, destacou o vice-governador.

O coordenador do projeto “João & Maria”, capitão PM Guilherme Sette, informou que o objetivo da ação é mobilizar a sociedade no combate a esse tipo de violência enraizada na cultura da sociedade. “Foi feito um mapeamento, com dados estatísticos de segurança pública, onde identificamos os locais de maior incidência, os horários, os dias da semana, as vulnerabilidades que estão associadas a esse tipo de violência. E a partir daí foi identificado que a própria vulnerabilidade é a cultura da violência que ainda é arraigada na sociedade. É um grande desafio dos palestrantes de levar a comunidade à reflexão e descontruir essas questões que reforçam a violência na nossa sociedade”, comentou.

Rede

A secretária estadual de Assistência Social, Auxiliadora Abrantes, endossou que o projeto reforça a rede de proteção à criança, adolescentes, mulheres e idosos. “O Governo do Estado tem trabalhado na intersetoriedade juntamente com a sociedade civil, através dos órgãos de controle, dos conselhos, fóruns, no fortalecimento dessa rede para que consigamos definitivamente chegar até esse público que realmente precisa de uma atenção especial”, frisou a secretária.

Palestras

A programação será desenvolvida por cerca de 90 policiais civis, militares e bombeiros, todas mulheres, que vão orientar a população em geral, em 225 escolas, sobre a realidade vivenciada pelo público alvo.

O conteúdo abrangerá o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), Lei Maria da Penha e o Estatuto do Idoso, permitindo ampliar o conhecimento da população sobre as leis que asseguram direitos a crianças, adolescentes, idosos e mulheres.

Secretarias

A ação é coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) com o apoio da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas); Secretaria de Estado de Educação e Qualidade (Seduc); Secretaria Executiva de Polícia para Mulheres da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (SEPM/Sejus); e realizada em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e com os conselhos estaduais dos Direitos do Idoso, da Mulher e da Criança e ao Adolescente.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *