GESTORES DE ESCOLA PARTICIPAM DE EVENTO PARA CONHECER PROGRAMA E PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL

Os gestores das 498 escolas da rede pública municipal, divididas por Divisões Distritais Zonais, participam de uma série de encontros para conhecer o Programa de Gestão de Clima Organizacional, a ser implantado na Secretaria Municipal de Educação (Semed). Além disso, os eventos têm o objetivo de apresentar a Pesquisa de Clima, que será aplicada entre todos os 15 mil servidores da rede.

 A primeira reunião aconteceu na tarde segunda-feira, 19/3, para diretores da DDZ Leste I, na Escola Municipal Leonor Uchoa Amorim, no bairro São José 1.  

 O Programa de Gestão do Clima Organizacional pretende identificar fatores que influenciem positivamente o ambiente de trabalho, tornando a rotina diária mais produtividade e satisfatória para o servidor. O Programa será coordenado pela Subsecretaria de Administração e Finanças e contará com a colaboração do instituto Áquila. 

 Na reunião, o subsecretário de administração e finanças da Semed, Bruno Magalhães, destacou que o momento é de mobilização e que todos os servidores devem participar da pesquisa, para que seja possível identificar os pontos que precisam de melhorias. 

 “Para que a Semed possa melhorar o clima organizacional, ela precisa saber o que os nossos servidores estão pensando e digam onde precisa ser melhorado. Então, é importante que todos se envolvam e mobilizem uns aos outros, porque o programa só vai dar certo se a secretaria contar  com a participação maciça de todos”. 

 A pesquisa será feita por meio de um questionário composto por 32 questões, a partir do dia 26 de março, de forma anônima, ou seja, sem a identificação do servidor. Depois da tabulação dos dados, a secretaria irá analisar e consolidar as informações e criar um plano de ação para  implementar as mudanças. 

 Sobre a análise, o subsecretário destacou que todas as informações serão analisadas e que o objetivo é possibilitar melhorias como um bom ambiente de trabalho, na formação de servidores adequados para determinadas funções; na produtividade e motivação.

 Durante toda a semana, os gestores das demais DDZs vão participar da mesma reunião. Após esse período de encontros, esses diretores vão organizar um dia ‘D’ em suas unidades, para que as informações recebidas sejam repassadas aos professores e demais funcionários.  Segundo a consultora do Instituto Áquila, Amanda Godoi, a ideia dessas primeiras reuniões é fomentar a importância da pesquisa e criar um grupo de disseminadores.  

 “A intenção das reuniões é explicar a dinâmica da pesquisa, como ela vai ser aplicada, ressaltar sua importância, o objetivo e mobilizar os gestores para que eles repassem as informações para suas equipes”, salientou.

 A reunião da DDZ Leste I contou com mais de 70 gestores, como a diretora do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Balbina Mestrinho, Solange Brasil, que considerou a pesquisa é uma boa estratégia para a secretaria entender e conhecer os anseios de seus servidores. 

  “Acredito que, com implantação do Programa de Gestão de Clima Organizacional, a tendência é que trabalho melhore e que os servidores fiquem mais motivados. Sobre a pesquisa acho ótima para os servidores exporem seus anseios e contribuir para melhorias de trabalho”, disse.   

 Próximos encontros 

Nesta terça, 20/3, o encontro será com os diretores das unidades das DDZs Norte e Oeste; na quarta, 21/3, as reuniões serão com as divisões Leste 2 e Sul; na quinta-feira, 22/3, com gestores da divisão Sul e finaliza na  sexta-feira, 23/3, com a DDZ Rural.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *