BOMBEIROS RETOMAM BUSCAS A DESAPARECIDOS EM NAUFRÁGIO NO PARÁ

 

As buscas aos desaparecidos no naufrágio da embarcação M/B Capitão Ribeiro na noite de terça-feira (22) no município de Porto de Moz, no sudeste do Pará, foram retomadas às 5h desta quinta-feira (24). Segundo informações do Corpo de Bombeiros, responsável pelo serviço de resgate, o número atualizado de sobreviventes é de 23 pessoas e o total de mortos chega a 10.

O G1 tenta contato com a empresa Almeida e Ribeiro Navegação, mas não foi atendido.

O navio Capitão Ribeiro saiu do município de Santarém, oeste do estado, às 18h de segunda-feira (21), segundo informação da Secretaria de Segurança Pública (Segup). A embarcação tinha escala nos municípios de Monte Alegre e Prainha. O destino final era Vitória do Xingu. O barco afundou por volta de 22h de terça, em uma área denominada Ponte Grande do Xingu, entre Porto de Moz e Senador José Porfírio.

Chovia quando o barco afundou. Muitos sobreviventes disseram que a embarcação foi atingida por uma tromba d’água – fenômeno similar a um tornado.

“A tripulação disse ter visto, no horizonte, algo com o formato de um funil, acompanhado de muita chuva e vento forte, e que teria pego o barco pela popa e o afundado. De acordo com os relatos, a embarcação girou e afundou em seguida”, afirmou o delegado Elcio de Deus, de Porto de Moz.

Inicialmente, a Secretaria de Segurança Pública informou que havia 70 pessoas no barco. Nesta quarta-feira, entretanto, a pasta disse que contabiliza 49 pessoas envolvidas no incidente: 23 sobreviventes, 10 mortos e 16 reclamados pela família. O dono do barco disse ao governo que havia 48 pessoas na embarcação.

 

FONTE: PORTAL G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *