SENADOR OMAR AZIZ DENUNCIA HAPVIDA POR FALTA DE ESTRUTURA DE ATENDIMENTO NO AMAZONAS

Durante sessão plenária virtual, o senador Omar Aziz (PSD) denunciou hoje (4) a operadora de planos de saúde Hapvida por falta de estrutura física no Amazonas.

Segundo ele, a operadora não paga impostos para o Amazonas, pois possui filial em outros estados. Mas utiliza os serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) do estado.

Após receber denúncias feitas pelos próprios usuários do plano de saúde Hapvida em Manaus, o senador as encaminhará à Agência Nacional de Saúde (ANS) e ao Ministério da Saúde. Ele quer investigação sobre a empresa ter transferido usuários com suspeita de coronavírus (covid -19). Sobretudo a hospitais da rede pública, mesmo eles estando com plano ativo.

“A Hapvida tem 215 mil processos contra ela, deve acima de R$ 340 milhões para o sistema SUS, porque cobra o plano, mas utiliza a rede pública porque não tem estrutura em Manaus para ter a quantidade de planos que tem”.

O parlamentar, que preside a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) no Senado, pede providências da ANS. Esta, portanto, para fiscalizar e detectar deficiências graves no atendimento à população.

“Não demora e vamos ter problemas maiores com a Hapvida. A mesma coisa que acontece no Amazonas em relação a planos de saúde, com certeza acontece com vários outros estados. Não podemos ficar parados em relação a isso”.

A Hapvida é detentora de grande parte de planos de saúde no Amazonas. Sobretudo incluindo fábricas da Zona Franca de Manaus (ZFM).

Fonte: BNC Amazonas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *