PREFEITO ARTHUR NETO INAUGURA PAVILHÃO UNIVERSAL COM NOVO CENTRO DE ATENDIMENTO AO TURISTA

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e a superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artísitico Nacional (Iphan), Karla Bittar, inauguraram nesta segunda-feira, 11/11, o Pavilhão Universal, totalmente restaurado e, agora, em novo endereço, abrigando também o Centro de Atendimento ao Turista, no Centro Histórico de Manaus. O Pavilhão Universal é um importante símbolo turístico, cultural e histórico, construído em ferro e vidro – característica da arquitetura da Belle Èpoque. O novo endereço, a praça Adalberto Vale, está estrategicamente localizado nas proximidades do Mercado Municipal Adolpho Lisboa, do Museu da Cidade, da Catedral Metropolitana e da área portuária da cidade, pontos de atração turística. 

“Temos feito tudo o que é possível para revitalizar o Centro e essa é uma obra encantadora, que vai servir para vender pacotes de turismo, para atender o turista. É um monumento bonito que entregamos à população. E eu agradeço muito ao Iphan, até mesmo porque o Pavilhão mudou de local. É mais um passo em direção a uma Manaus mais bonita, uma Manaus melhor”, disse o prefeito, que estava acompanhado da presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro.

A obra faz parte do compromisso do prefeito Arthur Neto com a requalificação do Centro Histórico de Manaus e é um dos presentes à cidade pelo aniversário de 350 anos, comemorado em outubro passado, por meio do programa “Manaus Histórica”, executado com recursos próprios. Com isso, os manauaras recebem de volta um importante monumento, com resgate de elementos e características de sua criação, datada de 1975, quando ainda estava implantado na praça Tenreiro Aranha. Um dos detalhes do restauro é que todas as peças metálicas são as originais. Elas foram desmontadas, tratadas e remontadas no novo endereço. A cobertura em forma de escama de peixe foi refeita a partir de um modelo encontrado.

“Temos trabalhado em várias frentes, como as praças, prédios históricos. Muitos já foram resgatados e outros estão com obras em andamento, como o hotel Cassina, que vai abrigar um importante polo de tecnologia e vai ajudar muito Manaus a entrar na economia 4.0”, disse o prefeito. “Essa é uma obra de imenso significado, não só por si mesma, mas pelo conjunto de ações que está sendo feito no Centro com a anuência do Iphan”, completou.

“É mais um passo bastante positivo na revitalização do Centro Histórico, que envolve praças e importantes espaços de convívio da população. É bastante válido esse resgate da memória nacional e estamos muito satisfeitos”, disse a superintendente do Iphan, Karla Bittar. “Fica a mensagem: é isso que o Iphan busca, revitalizar essas áreas e permitir que a população se aproprie delas”, pontuou.

Presente na inauguração, a titular da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semmasc) lembrou que, na semana passada, o prefeito entregou a expansão da Galeria dos Remédios, que se tornou o maior centro de compras populares no Centro Histórico, como parte do programa “Viva Centro Galerias Populares”. “Quantas pessoas mudaram de vida com esse projeto?”, questionou a secretária. “O prefeito tem se destacado por isso, por fazer o bem às pessoas”, concluiu.

CAT

O Pavilhão Universal foi inaugurado com um novo Centro de Atendimento ao Turista (CAT), que já em pleno funcionamento, administrado pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), funcionando de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, de 8h ao meio-dia. O centro proporciona conforto extra a turistas, visitantes e aos próprios manauaras, em busca de informações turísticas e sobre atividades na capital. Estagiários das faculdades de Turismo da cidade trabalham no local, sob a supervisão da Manauscult.

O CAT é multifuncional, proporcionando informações desde gastronômicas até hospedagem, passando por passeios e, em algumas situações, com tradução bilíngue, em inglês e espanhol, ampliando o acolhimento ao turista. “O turista chegando aqui, nacional ou estrangeiro, vai ter uma equipe pronta para oferecer informações da cidade, mapas, qualquer informação”, disse João Araújo, diretor de turismo da Manauscult.

O Pavilhão Universal teve a obra iniciada em abril deste ano, pela empresa Biapó Construtora, que tem foco em restaurações artísticas e preocupação com o humano e a história presentes nas cidades onde atua. “É um resgate cultural, histórico, que se faz à cidade de Manaus e entregamos uma estrutura restaurada, com sua beleza emblemática, para que a população possa usar e que seja uma referência aos turistas”, finalizou o diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Cláudio Guenka.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *