WILSON LIMA INAUGURA DOIS IMPORTANTES RAMAIS EM AUTAZES E ANUNCIA CONCLUSÃO DE MAIS QUATRO ATÉ O FIM DO ANO

O governador do Amazonas, Wilson Lima, inaugurou, nesta quarta-feira (06/11), dois importantes ramais para o escoamento da produção agrícola e deslocamento da população de Autazes (distante 113 quilômetros de Manaus): os ramais do Rosarinho e Iguapenú. Wilson Lima anunciou que até dezembro deste ano mais quatro ramais deverão ser entregues à população do município, onde o Governo do Estado investe R$ 63,2 milhões em obras de infraestrutura, sendo R$ 41,06 milhões destinados somente em ramais.

“Nesses 10 meses, conseguimos retomar obras que estavam paralisadas e inacabadas. Entregamos obras de qualidade para garantir mudanças na vida e na economia do município. O ramal do Iguapenú tem aproximadamente três quilômetros e dá acesso a AM-254. O ramal do Rosarinho faz a ligação do município de Autazes com o rio Madeira, fazendo a ponte com Nova Olinda do Norte e Borba. Fazendo esse trajeto com uma estrada pavimentada, o tempo para chegar a esses municípios vai diminuir, em média, quatro horas”, explicou o governador.

“Além disso, nós estamos recuperando mais outros quatro ramais aqui em Autazes, como forma de preparação desse município, entendendo o potencial que ele tem para a exploração do potássio, pesca esportiva, ecoturismo, entre outras atividades”, destacou Wilson Lima. “Dessa forma nós fomentamos a agricultura familiar, os produtores de leite, de queijo, os criadores de gado e, assim, geramos mais qualidade de vida para o povo que mora aqui. É dessa forma que a gente dá a devida importância para quem mora no interior, para aquelas pessoas que mais precisam dos serviços do Estado”, completou o governador.

Os ramais que serão entregues até dezembro são: Ramal do Rio Mutuca, com cerca de 11,2 km de extensão, localizado no km 52 da AM-254; Ramal da Açupuranga, com 6,2km de extensão, localizado no km 39 da AM- 254; Ramal do HSL, com cerca de 8,7 km de extensão, localizado no km 46 da AM-254; e Ramal do Jatuá, com cerca de 4,5 km de extensão, localizado no km 46 da AM-254.  

Planejamento

O pacote de obras para o próximo ano é da ordem de R$ 22 milhões e são referentes a ramais que são pleitos da comunidade indígena do município de Autazes. Os ramais que estão no planejamento são: Marechal Rondon (4,7 km de extensão), localizado no km 91 da AM 254; e Ramal dos Índios (4,7 km de extensão), localizado no km 93 da AM-254. Além dos ramais, está no planejamento para 2020 as obras de manutenção das rodovias AM-254 (Manaquiri – Nova Olinda do Norte) e AM-354 (Estrada do Manaquiri).

Ramal do Rosarinho

Com 12,8 km quilômetros de extensão e sete metros de largura, o Ramal do Rosarinho é o mais importante dos incluídos na obra de implantação e recuperação de ramais de Autazes. Ele faz parte da rodovia AM-254, que interliga a cidade ao rio Madeira e à rodovia BR-319. As famílias que moram nos municípios adjacentes, como Nova Olinda do Norte e Borba, terão acesso à rodovia em tempo mais hábil de locomoção.

Os serviços realizados no Ramal do Rosarinho foram de terraplanagem, com reforço de base e sub-base, aterro e compactação, com pintura de ligação e pavimentação em Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ). O ramal também recebeu serviços de drenagem superficial e profunda, bem como sinalização horizontal. Dentro do perímetro urbano, o ramal recebeu calçada, meio-fio e sarjeta. Ao todo, foram 4 mil metros de calçada no perímetro urbano e 9,7 mil metros de meio-fio e sarjeta ao longo do Ramal do Rosarinho, cujo traçado coincide, em parte, com o da AM-254.

Ramal do Iguapenú

Com 2,9 km de extensão, o Ramal do Iguapenpú recebeu os mesmos serviços realizados no Rosarinho. Esse ramal tem sua entrada no km 93 da AM-254 e vai até à comunidade do Iguapenú.

“Estamos fazendo investimentos que geram empregos, dinamizam o turismo, fortalecem a integração, e, porque não dizer, resgatam a dívida do Estado para com o povo desta nossa região metropolitana. A Secretaria de Estado de Infraestrutura cumpre assim a determinação do governador Wilson Lima de levar, por meio da realização de obras estruturantes importantes como esta, o desenvolvimento econômico e social ao interior do estado”, frisou o secretário de Infraestrutura, Carlos Henrique Lima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *