SENADOR OMAR AZIZ DIZ QUE “BOLSONARO ENGANA A POPULAÇÃO”, SOBRE QUEDA DE PREÇO COM IMPOSTO MENOR

O coordenador da bancada do Amazonas no Congresso Nacional, senador Omar Aziz (PSD), afirmou que a intenção do presidente Jair Bolsonaro (PSL) de reduzir de 16% para 4% a aliquota do Imposto sobre Importação de produtos de tecnologia da informação, vai gerar demissão em massa na ZFM (Zona Franca de Manaus). Bolsonaro disse que quer “estimular a competitividade”.

Para Omar, a proposta de Bolsonaro é preocupante porque nenhuma indústria dos países latinos tem tecnologia para disputar com países que estão em patamar superior na inovação tecnológica, como a Coréia do Sul, o Japão, a Alemanha e os Estados Unidos da América. O resultado disso, segundo o senador, será o desemprego em massa.

“Ele disse que é para estimular a competitividade. Ele está falando uma coisa que não sabe. Estimular como? Não estimula nem a competitividade e e nem a inovação. O Brasil não vai produzir inteligência suficiente para produzir inovação tecnológica”, afirmou Aziz.

Para Aziz, a medida é reflexo “ou de equívoco do presidente ou da falta de conhecimento” a respeito da indústria nacional e imita atos do ex-presidente Fernando Collor que “quebraram a indústria automobilistica e o comércio de importação da Zona Franca de Manaus”.

“Há um equívoco ou falta de conhecimento a respeito da indústria do Brasil inteiro. Não é só Manaus que produz computador e celular. Foi o que o Collor fez, ele quebrou a indústria automobilística, quebrou o comércio de importação da Zona Franca”, disse Omar Aziz.

Omar Aziz disse que o presidente Jair Bolsonaro engana a população quando diz que o produto vai ficar mais barato. Segundo o senador, os produtos produzidos no Brasil tem a mesma qualidade daqueles produzidos em outros centros industriais espalhados pelo mundo.

“Tanto é, como ele é amigo do Trump, podia pedir para ele importar bens finais do Amazonas, porque os Estados Unidos importam 360 bilhões de dólares por ano do México. É lá que se faz o iPhone, a televisão Samsurtg, a mesma televisão que um brasileiro tem, não tem diferença”, Afirmou o coordenador da bancada amazonense.

O senador disse que vai reunir a bancada amazonense em Brasília para decidir quais medidas serão tomadas para atacar as medidas de Bolsonaro contra a Zona Franca de Manaus.

Fonte: BNC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *