SENADOR OMAR AZIZ SUGERE EVITAR PRECIPITAÇÃO SOBRE CONVERSAS VAZADAS DE MORO

O senador Omar Aziz (PSD), coordenador da bancada federal do Amazonas no Congresso e presidente da Comissão de Assuntos Econômicos no Senado, recomendou cautela e evitar precipitação em julgar o conteúdo de conversas em rede social do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e membros do Ministério Público atuantes na operação Lava Jato.

Essas conversas foram obtidas ilegalmente por meios de crackers e divulgadas por um site neste domingo, dia 9. Omar esteve com Moro nesta segunda, dia 10, em Manaus, no encontro do ministro com o governador Wilson Lima (PSC) e secretários e o prefeito da capital, Arthur Neto (PSDB).

Para o senador, com a repercussão que o caso vai tomar, é preciso investigar porque o vazamento da conversa foi um erro “muito grave”. E cometerá erro maior quem se pôr a julgar o ministro antes das apurações devidas.

“Sou julgado muitas vezes precipitadamente, mas agora não dá para eu também entrar nessa, de julgar as pessoas precipitadamente. Eu confio muito no ministro Sérgio Moro, tenho conversado muito com ele e espero que tudo seja esclarecido”, afirmou.

Ele sugeriu ainda que seja investigado o contexto completo das conversas vazadas. Omar se refere ao risco de que frases soltas, fora do seu contexto, podem gerar impressões equivocadas.

“Se você pegar só aquela frase [selecionada] vai dar um efeito totalmente diferente. Eu sempre fui contra isso. Por isso que muitas vezes as escutas feitas pela Polícia Federal, que são analisadas pelos técnicos, nem sempre é a realidade da conversa que você tá tendo”, declarou.

Fonte: BNC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *