FIEAM LANÇA PRÊMIO QUALIDADE AMAZONAS 2018

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Qualidade Amazonas (PQA), promovido pela Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM). O lançamento da 25ª edição do Prêmio foi realizado na sexta-feira, na sede da FIEAM, com apresentação dos cases vencedores do Troféu Diamante na modalidade Gestão da última edição, em 2017, o Comando da 12ª Região Militar e o Parque Regional de Manutenção da 12ª RM.

A entrega final dos relatórios das organizações participantes tem data limite em 18 de junho. De acordo com a coordenadora do PQA, Erlen Montefusco, a expectativa para esse ano é ter acréscimo de 10% em inscrições em relação ao ano passado, que contabilizou 60 participantes.

“A FIEAM, em sua função de apoiar o desenvolvimento industrial, premia os esforços das organizações públicas e privadas na busca de melhoria de processos produtivos e da gestão organizacional”, explicou Montefusco, que ressaltou a capacidade individual dos setores entre eles públicos e privados, sem distinção.

“Nossa missão é incentivar o uso desses modelos. Quando a gente se propõe a fazer essas experiências para vocês, é para que vocês percebam que não existe diferença entre a indústria e o setor público. O que se faz na indústria também se faz no setor público”, explicou aos convidados da sessão de lançamento do PQA 2018.

Há mais de 10 anos participante do PQA, o Exército trabalha continuamente para o resultado obtido em 2017, quando recebeu o prêmio diamante e nos três anos que antecederam, o ouro. Todo esse progresso, segundo a coordenadora, vem de um trabalho árduo e de melhoria contínua no sistema de gestão.

Desde a implementação do Programa de Excelência Gerencial do Exército Brasileiro (PEG-EB), criado em 2003, o coronel Antonio Macedo, da 12º RM, explica que ano a ano se vem fazendo melhorias na gestão e que tem sido aprimorada. No ano passado o projeto ganhador trouxe a racionalização administrativa (base administrativa) baseada na tríade “estruturas organizacionais- processos- cargos”.

“O sistema de avaliação permitiu ao Comando Militar da 12ª RM alavancar o desempenho institucional transformando em metas o melhoramento contínuo no sistema de gestão”, disse Macedo.

Contemplado também com o troféu diamante, o Parque Regional de Manutenção da 12ª RM, representado pelo coronel Márcio Schiavon, vislumbra o prêmio de 2018, desta vez na modalidade Processo.

Em execução há mais de um ano, o trabalho na área de combustível, aditivação, é um problema que ocorre em todo o Brasil com o uso do Diesel S10. Segundo Schiavon, o tempo de validade do material atual caiu muito em relação ao antigo, o que antes tinha o prazo de nove meses, desde 2014 passou a ter um prazo de 30 dias.

“Para a Amazônia é um fator complicador muito grande e nós achamos a solução para isso no próprio mercado, estamos aplicando isso em todo o Exército aqui na Amazônia, fomos os precursores nesse processo no Brasil e inclusive pode servir de exemplo para empresas de fora”, disse o militar.

Apesar da surpresa da vitória no ano passado, o resultado foi fruto de um reconhecimento merecido da equipe e extremamente estimulante para esse ano tentar novamente o feito. “A participação no PQA proporciona a melhoria constante no processo, da gestão como todo, nos impulsiona a ir para frente”.

As inscrições podem ser realizadas por meio do preenchimento da ficha no site do programawww.pqa.org.br/premio-qualidade-amazonas-2018  e nos dias 10 (modalidade processo) e 11 de maio (modalidade gestão) no Auditório Auton Furtado, na FIEAM, haverá o treinamento para participação no PQA. Para mais informações (92) 3622-6104 / 3186-6642.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *